Lula discute reforma tributária com governadores amanhã

30/07/2003 - 22h20

Brasília, 30/7/2003 (agência Brasil - ABr) - O Palácio do Planalto confirmou para amanhã, às 17 horas, a reunião do presidente Luiz Inácio Lula da Silva com a comissão de cinco governadores para discutir a reforma tributária. O encontro tem como objetivo principal ouvir as reivindicações dos representantes estaduais para que o texto final da reforma possa ser lido na semana que vem na Comissão Especial da Câmara. O governo não quer formalizar a leitura do texto sem antes ouvir o que os governadores têm a dizer sobre o tema.

O impasse sobre as três principais reivindicações dos governadores continua. Eles defendem a inclusão na reforma do repasse de 0,08% da Contribuição Permanente sobre Movimentação Financeira (CPMF) aos estados, e de 25% da Contribuição sobre Intervenção do Domínio Econômico (Cide) - o imposto sobre os combustíveis. Além disso, os representantes dos estados também querem a criação de um Fundo de Compensação para os estados exportadores.

Segundo o relator da reforma tributária, deputado Virgílio Guimarães (PT-MG), o resultado da conversa do presidente com os governadores será levado para discussão na Comissão. "Os governadores são importantíssimos para ajudar na construção do consenso. Os temas escolhidos pelos governadores para a reunião com o presidente naturalmente serão abordados nesse espaço, e nós receberemos as conclusões para fazer apenas uma adequação técnica e uma discussão política para votação", disse Virgílio.