Custo de vida em São Paulo sobe 0,41% em fevereiro

14/03/2011 - 13h59

Vinicius Konchinski
Repórter da Agência Brasil

São Paulo – Viver na capital paulista ficou 0,41% mais caro em fevereiro. O Índice do Custo de Vida (ICV), que mede a evolução das despesas na cidade, foi divulgado hoje (14) pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

A elevação verificada no mês foi 0,87 ponto percentual menor do que a do mês anterior. Em janeiro deste ano, o ICV registrou aumento de 1,28%, puxado pela alta nos transportes e educação.

Em fevereiro, as despesas de transportes voltaram a pressionar o custo de vida. Esse item teve alta de 0,76% no mês e foi responsável por 0,12 ponto percentual do total do índice. Tanto o transporte coletivo como o individual subiram.

O item alimentação também contribuiu consideravelmente para o ICV de fevereiro. As despesas do grupo tiveram aumento 0,39% e foram responsáveis por 0,11 ponto da alta do custo de vida. Só as refeições fora do domicílio subiram 1,45% no mês.

Também subiram as taxas referentes a despesas pessoais (2,50%), à habitação (0,18%) e à saúde (0,29%). Em compensação, caíram as de equipamentos (-0,22%) e vestuário (-0,34%).

Nos dois primeiros meses de 2011, o ICV acumula alta de 1,70%. As despesas com transporte (3,87%) e educação e leitura (4,99%) são as que mais impactaram no aumento.

Nos últimos 12 meses, a alta acumulada é de 6,26%. Alimentação (10,90%) e despesas pessoais (7,06%) são os itens que puxaram a alta no período.

Edição: Juliana Andrade