Paulo Bernardo diz que técnicos verificam regulamentação sobre cartões corporativos

30/01/2008 - 22h22

Luciana Melo
Da Agência Brasil
Brasília - O ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Paulo Bernardo, informou hoje (30) que técnicos já trabalham para verificar a regulamentação sobre os cartões corporativos, "se é preciso modificar ou reforçar alguns elementos". Ele adiantou que se for necessário "um trabalho de esclarecimento, nós vamos esclarecer, para que não haja qualquer tipo de problema". Sobre a auditoria aprovada hoje pelo Tribunal de Contas da União (TCU), disse que "o governo tem interesse em reafirmar que o cartão é fundamental e dá muito mais transparência às operações". E lembrou que o uso do cartão – "quando é necessário ter gastos não previstos" – pode ser conferido na internet por qualquer cidadão. "Fica tudo registrado na internet, portanto é fundamental manter esse método, aumentando o grau de transparência. O fato de aparecerem eventuais irregularidades tem de servir para ajudar a melhorar o sistema e não para acabar com ele", afirmou.O TCU fará uma auditoria nos gastos do governo federal com cartões decrédito corporativos, para apurar denúncias depossíveis excessos no seu uso por ministros de Estado efuncionários graduados do Executivo. A decisão foiaprovada por unanimidade no tribunal, ao analisarproposta do ministro Ubiratan Aguiar.