Diretor diz que Gulliver fez recall após saber pela imprensa do problema em brinquedos

31/08/2007 - 21h24

Antonio Arrais
Repórter da Agência Brasil
Brasília - O diretor-comercial da empresa Gulliver S.A., Paulo Benzatti, disse hoje (31), em entrevista virtual pelo portal Comunique-se, que a empresa soube pela imprensa do problema com o brinquedo Magnetix e que, em seguida, determinou o recolhimento do produto nas lojas e preparou os pontos de venda para as trocas de peças com defeito aos consumidores. A empresa, acrescentou, logo prestou esclarecimentos à imprensa, às autoridades e aos órgãos de defesa do consumidor.Paulo Benzatti negou que a Gulliver tivesse tomado conhecimento dos possíveis perigos do brinquedo no ano passado, quando o Magnetix teve recall nos Estados Unidos. E confirmou que a empresa continuará importando brinquedos da China, porque "esta é uma tendência mundial".Depois de informar que, até o momento, a Gulliver não recebeu qualquer devolução do brinquedo, o diretor informou que esse modelo representa apenas 5% do faturamento da empresa e, por isso, não vê "grandes alterações no Dia da Criança, em termos de vendas".