Beatles, polcas e maxixes também entram no samba dos blocos do Rio de Janeiro

07/03/2011 - 18h20

Vladimir Platonow
Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro – No cardápio musical dos 72 blocos que se apresentam hoje (7) pelas ruas da capital fluminense, tendências aparentemente irreconciliáveis se unem e provam que no fim tudo acaba em samba. Polca, maxixe e até rock dos Beatles se rendem à batucada brasileira para animar milhares de foliões.

O Bloco Sargento Pimenta fez sua estreia no carnaval carioca e provou que é possível unir as músicas dos garotos de Liverpool com o clima descontraído de sambas e marchinhas. Do alto de um carro de som, os músicos abriram a festa com a clássica Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band, para o delírio da multidão, formada por pessoas de todas as idades, desde aqueles que curtiram os Beatles na sua mocidade como jovens que só conhecem o grupo pelos vídeos do YouTube.

“O grande barato é levar o rock and roll para a garotada que só conhece samba e pagode. Vai dar samba, ou melhor, vai dar rock”, dizia animado Marco Antonio Campos Silva, que vestia uma camisa dos Beatles.

Em seguida o grupo atacou de Hard Day´s Night e seguiu com Ticket to Ride, contagiando as milhares de pessoas que se espremiam no cruzamento de duas ruas do bairro Humaitá, sem se importar com a chuva fina que não era suficiente para esfriar os ânimos.

Enquanto os Beatles fazem sua estreia no carnaval, em outro ponto da cidade a mistura é outra. No início da noite, na Praia de Copacabana, o grupo Rancho Flor do Sereno leva ao público músicas que foram sucesso muito tempo atrás. Marchas-rancho, maxixes, polcas e choros encantam os foliões com uma sonoridade para muitos desconhecida e para outros recheada de memórias.

O Flor do Sereno vai promover um baile ao ar livre, a partir das 19h, no calçadão da Avenida Atlântica, próximo ao Posto 6. Esta é a décima primeira participação do grupo no carnaval carioca.

 

Edição: Aécio Amado