BNDES anuncia lucro recorde no primeiro semestre

11/08/2006 - 23h09

Aline Beckstein
Repórter da Agência Brasil
Rio de Janeiro - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) informou hoje (11) que registrou lucro recorde no primeiro semestre deste ano: R$3,317 bilhões, um resultado 81,1% superior ao de igual período no ano passado (R$ 1,832 bilhão). No primeiro trimestre, o lucro foi de R$1,921 bilhão e nos três meses seguintes, de R$ 1,396 bilhão.O presidente do BNDES, Demian Fiocca, disse que a maior parte do resultado líquido do banco é referente às operações de renda variável, que correspondem às participações em ações, totalizando R$ 2,580 bilhões. “Nosso lucro veio principalmente dessas operações e não da cobrança de juros sobre os empréstimos. Recentemente houve até uma redução dos spreads [diferença entre o que o banco paga ao aplicador para captar um recurso e o que a instituição cobrará para emprestar esse mesmo dinheiro]”, justificou.Com relação à renda variável, o BNDES destacou o ganho de R$ 1,350 bilhão com alienações de parte de sua carteira, com ênfase para o lucro de R$ 682 milhões, em recursos gerados pela oferta pública das ações do Banco do Brasil, e o recebimento de dividendos de juros sobre capital próprio, no valor de R$ 1,025 bilhão.Outros fatores que contribuíram para o lucro recorde estão relacionados à redução das despesas com provisão para risco de crédito, que determinou um impacto positivo de R$ 350 milhões; à receita com reversão de provisões para contingências, no total de R$ 174 milhões, além dos R$ 193 milhões relativos à recuperação de tributos.