Polícia Federal diz ter encontrado empresários submetidos a cobrança de propina nos Correios

08/06/2005 - 21h48

Alessandra Bastos
Repórter da Agência Brasil

Brasília – "Informalmente alguns empresários disseram que foram vítimas da cobrança de propina", afirmou, hoje (08), Luiz Flávio Zampronha, delegado da Polícia Federal responsável pela investigação de um esquema de corrupção na Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT). Os nomes dos empresários não foram revelados pelo delegado. Eles serão chamados para prestar depoimento.

De acordo com o delegado, a análise da agenda de trabalho do ex-chefe do Departamento de Contratação e Administração de Material dos Correios, Maurício Marinho, confirmou que ele fez contatos com empresários suspeitos de participarem do esquema. "Vamos buscar a Receita para analisar a projeção patrimonial", afirmou o delegado.

Zampronha disse ainda que já recebeu, aproximadamente, dez denúncias por telefone e e-mail sobre o esquema de corrupção, que podem ajudar nas investigações.