Acordo entre governo estadual e o banco do Nordeste deve ampliar crédito a agricultores maranhenses

22/12/2003 - 19h42

São Luís, 22/12/2003 (Agência Brasil - ABr) - Pequenos produtores rurais maranhenses ganharam hoje novos incentivos para adquirir financiamentos de crédito rural. Isso será possível a partir da assinatura de um acordo entre o governo estadual e o Banco do Nordeste (BNB). Os técnicos das casas de agricultura familiar poderão elaborar projetos de financiamento em parceria com os técnicos da instituição financeira. "A parceria com o Banco do Nordeste tem contribuído para que o agricultor rural tenha acesso a crédito para melhorar suas produções. Para o próximo ano, a expectativa é que mais de 50 milhões sejam financiados para serem aplicados na agricultura familiar, o que vai gerar um aumento significativo na qualidade de vida do produtor rural", prevê o governador José Reinaldo.

A parceria oficializada hoje garante a execução de programas conjuntos de assessoria empresarial e técnica e acompanhamento dos clientes com empreendimentos financiados pelo Banco do Nordeste, nos setores rural e agro-industrial.

O superintendente do BNB, Isaías Matos Dantas, explicou que, com a parceria, técnicos da instituição farão vistoria quanto à aplicação correta dos recursos e, conseqüentemente, "tendo contato com o produtor rural e mais condições de lhes prestar uma assistência técnica".

A assessoria empresarial e técnica vai acelerar, adequar e racionalizar o processo de absorção do novas tecnologias pelos beneficiários dos créditos; compatibilizar assessoria empresarial e técnica e crédito rural e agro-industrial com as políticas e planos governamentais de apoio aos pequenos produtores; adequar a aplicação de crédito às reais necessidades dos estabelecimentos rurais; possibilitar a melhoria do padrão de vida das populações rurais e o fortalecimento econômico dos pequenos produtores; favorecer o acesso de pequenos produtores ao crédito rural pela ação integrada entre o Banco e a Geagro e, colaborar na preservação da natureza e na melhoria das condições ecológicas do meio rural.

A gerente de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Conceição Andrade, informou que os técnicos das CAF´s irão prestar, aos beneficiários selecionados em parceria com banco, uma assessoria empresarial e técnica organizada. "Quem ganha com esta união é o pequeno produtor porque ele terá mais crédito para fazer com que os seus projetos sejam viabilizados". Cabe também à gerência, realizar vistorias relativas a empreendimentos planejados por órgãos públicos, escritórios de projetos e técnicos autônomos, elaborando os respectivos laudos em modelos fornecidos pelo Banco do Nordeste.