Governo de São Paulo mobiliza 25 mil agentes em plano de combate à dengue

03/04/2011 - 17h40

Elaine Patricia Cruz
Repórter da Agência Brasil

São Paulo – A partir de amanhã (4), a Secretaria Estadual da Saúde de São Paulo vai mobilizar 25 mil agentes para um plano de combate à dengue em várias cidades do estado. A ação, que levará a semana toda, tem o  objetivo de alertar a população sobre a importância de se eliminar possíveis criadouros do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue que se prolifera, principalmente, em áreas onde há acúmulo de água parada, como pneus, calhas, latas e vasos de plantas, entre outros.

Segundo a secretaria, a ação vai começar a partir das 9h, na capital, mas haverá atividades de busca e eliminação de focos do mosquito em todo o estado.

“Este é um momento crucial para evitar a proliferação do mosquito transmissor da dengue. O calor ainda persiste e as chuvas diminuíram. É preciso que todos estejam atentos para remover os recipientes com água parada, eliminando possíveis criadouros nas residências”, disse o secretário estadual da Saúde, Giovanni Guido Cerri, por meio de nota.

Um balanço feito pela secretaria apontou que, nos primeiros dois meses deste ano, o número de casos de dengue no estado foi 92,6% inferior ao que foi registrado no mesmo período do ano passado. Até o final de fevereiro, a secretaria havia contabilizado 3.390 casos autóctones de dengue (com transmissão dentro do estado). No primeiro bimestre do ano passado, ocorreram 46.050 casos.

Para reforçar a importância do combate à dengue, a secretaria também tem enviado torpedos com alertas sobre a doença para celulares, principalmente para os moradores de Ribeirão Preto, São José do Rio Preto e das cidades da Baixada Santista, que registraram o maior número de casos de dengue no estado.

Edição: Lana Cristina