Votos da oposição ajudaram a aprovar reforma em segundo turno

27/08/2003 - 21h49

Brasília, 27/8/2003 (Agência Brasil - ABr) - A exemplo do que aconteceu no primeiro turno, o governo só conseguiu aprovar a reforma da Previdência em segundo turno, graças aos votos favoráveis da oposição. A base aliada, composta por 11 partidos, deu apenas 297 votos, 11 a menos que os 308 mínimos exigidos para aprovar uma mudança constitucional. O PFL e PSDB deram, juntos, 60 votos favoráveis à proposta.