Televisão estatal divulga imagens de Chávez com Fidel

29/06/2011 - 13h26

Renata Giraldi
Repórter da Agência Brasil

Brasília – Em meio às especulações sobre o estado de saúde do presidente da Venezuela, Hugo Chávez, a emissora de televisão multiestatal Telesur divulgou hoje (29) imagens, com data de ontem (28) e o horário de 19h39, em que o venezuelano aparece em várias situações ao lado de Fidel Castro, ex-presidente de Cuba. O único som do vídeo editado é uma música tradicional cubana. Há ainda uma faixa com a frase “Fraternal encontro entre Chávez e Fidel”.

Chávez e Fidel aparecem vestindo roupas esportivas. Chávez usa um abrigo nas cores da Venezuela, enquanto Fidel está com um casaco azul. No vídeo, ambos aparecem conversando em pé, depois sentados e em uma das cenas eles aparecem lendo notícias do jornal oficial cubano, Granma.

Há 19 dias, Chávez foi submetido a uma cirurgia de urgência em Havana para a retirada de um abcesso na pélvis. Desde então, está internado. Aliados do presidente negam que ele sofra de câncer. De acordo com o ministro de Comunicação e Informação da Venezuela, Andres Izarra, Chávez está se recuperando “bem e ativo”.

Izarra informou que ontem Chávez fez uma declaração de apoio, parabenizando o ex-ministro brasileiro José Graziano da Silva por sua eleição para a direção-geral da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO). Segundo Izarra, Chávez assinou decretos para a liberação de recursos à Venezuela.

De acordo com o ministro, os decretos envolvem a liberação de US$ 79 milhões para as obras do centro de design, montagem e testes de integração para pequenos satélites, além de US$ 35 milhões para uma fábrica na Região Oeste da Venezuela.

Izarra disse ainda que Chávez assinou declaração rejeitando a análise feita pelos Estados Unidos sobre tráfico humano na América Latina. Para Chávez, é  uma ingerência nos asssuntos internos da região.

A expectativa, segundo Adán Chávez, irmão do presidente, é que ele retorne ao país na próxima semana, quando começa a Cúpula da Comunidade dos Estados Independentes da América Latina e do Caribe (Cepal), para comemorar o Bicentenário da Independência.

Edição: Graça Adjuto