Morre no Rio ex-ministro da Saúde Jamil Haddad

11/12/2009 - 0h17

Riomar Trindade
Repórter da Agência Brasil
Rio de Janeiro - O ex-ministro da Saúde Jamil Haddad morreu vítima deenfarto na madrugada de hoje (11), em casa, na Tijuca, zona norte doRio de Janeiro. O corpo do ex-ministro vai ser velado na Capela 2 doCemitério São João Batista, em Botafogo, na zonasul. O enterro está marcado para as 17h.Haddadnasceu no Rio em 2 de abril de 1926. Ele se formou em medicina comespecialização em ortopedia em 1949, na Universidade doBrasil, atual Universidade Federal do Rio de Janeiro. Ele ingressouna política em 1962, quando foi eleito deputado estadual peloRio de Janeiro.Eleitosenador, participou em 1982 da Assembleia Constituinte. Foi um dosfundadores do Partido Socialista Brasileiro (PSB), em 1988, do qualrecebeu o título de presidente de honra. Ministroda Saúde do governo de Itamar Franco, Haddad foi o autor dodecreto dos medicamentos genéricos. Para o presidente da República em exercício, José Alencar, a morte do ministro foiuma grande perda. "Ele foi um grande cidadão brasileiro e eraexemplo de comportamento. Era um homem de bem.”