Presidente do Conselho de Ética diz que hoje define relator de processo contra Janene

12/04/2006 - 13h22

Priscilla Mazenotti
Repórter da Agência Brasil

Brasília - O presidente do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara, deputado Ricardo Izar (PTB-SP), disse que não vai esperar a decisão da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) no processo sobre a aposentadoria do deputado José Janene (PP-PR) para escolher um relator no processo contra o deputado pepista no Conselho. Janene pede que a CCJ arquive seu processo no Conselho de Ética, caso o pedido de aposentadoria por invalidez seja aceito.

"Vou hoje indicar o relator do caso José Janene, vou fazer a minha parte. Estava esperando a Comissão de Constituição e Justiça para ficarmos mais tranqüilos, mas agora vou tocar pra frente. Existe um movimento muito grande de obstruir todos os nossos trabalhos", disse Izar.

Por conta da Ordem do Dia no plenário, a votação do parecer do deputado Antonio Carlos Biscaia (PT-RJ) na CCJ teve de ser adiada. No início da reunião, o deputado Uirapuan Teixeira (PP-SP) apresentou requerimento para suspender a discussão da matéria por cinco sessões. A proposta foi rebatida por todos os deputados presentes. Eles acusaram o PT de manobrar para adiar a votação. "Se esse requerimento for aprovado, são cinco sessões. Mais uma semana eu não vou aguardar. É uma manobra e todos nós vimos. O PT não compareceu e o relator é do PT", disse Izar.

O próprio relator do processo na CCJ, o petista Antonio Carlos Biscaia, reclamou da ausência dos deputados de seu partido na reunião de hoje. "É uma manobra que envolve lentamente o meu partido. Os deputados do PT não vieram a troco de quê? Um acordo. Temos de respeitar os princípios éticos e morais. A liderança pode até me afastar da Comissão e é bem provável que isso aconteça", disse.

Ricardo Izar vai sortear hoje o relator do processo contra Janene, já que a ex-relatora, deputada Ângela Guadagnin (PT-SP), está afastada do Conselho. O sorteio será feito entre os deputados Nelson Trad (PMDB-MS), Edmar Moreira (PFL-MG), Jairo Carneiro (PFL-BA) e Marcelo Ortiz (PV-SP). "Eu consultei todos os membros do Conselho e esses quatro gostariam de ser relatores, então vou sortear entre eles", explicou Izar.