Pernambuco terá campanha de combate ao turismo sexual

10/04/2006 - 8h39

Márcia Wonghon
Repórter da Agência Brasil

Recife - Medidas de prevenção e combate ao turismo sexual serão implementadas ainda este mês em Pernambuco. O turismo sexual é uma das formas mais perversas de exploração contra crianças e adolescentes que atinge não só o litoral, mas também cidades do interior do estado.

A iniciativa é resultado de parceria firmada entre a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Pernambuco (Abih), Centro Integrado de Apoio às Famílias e o Recife Convention Bureau, entidade que organiza eventos turísticos.

O projeto inclui o lançamento de uma campanha amanhã (11), no Hotel Marante Plaza, em Boa Viagem, com apoio de uma organização não-governamental francesa, ligada à Rede Internacional de Combate à Exploração Sexual e ao Tráfico de Crianças e Adolescentes.

A campanha, programada para durar o ano todo, vai orientar crianças e jovens que trabalham nas praias para evitar o assédio de turistas. Funcionários de hotéis vão receber capacitação no sentido de impedir a prática criminosa e as companhias aéreas divulgarão a legislação brasileira de proteção à infância e à juventude entre os passageiros de vôos internacionais com destino à capital pernambucana.

Além disso, serão afixados nas recepções e quartos dos hotéis cartazes educativos com o slogan: "Exploração Sexual de Crianças? Desculpe-nos, mas não temos esse serviço".

De acordo com o presidente da Abih, José Otávio Meira Lins, o sucesso da iniciativa vai depender da adesão dos empresários da rede hoteleira. "Nossa meta é conscientizar o empresariado de que mobilizações desse tipo são fundamentais para excluir Pernambuco do roteiro do turismo sexual", declarou.

Levantamento do Ministério do Turismo indica que Pernambuco é o quarto estado do Nordeste em prática de turismo sexual com menores. Os exploradores vêm, principalmente, de países europeus.