Marinho promete fazer intermediação para encerrar greve no INSS, diz sindicalista

09/08/2005 - 23h30

Lílian de Macedo
Repórter da Agência Brasil

Brasília - O ministro do Trabalho e Emprego, Luiz Marinho, confirmou que dará apoio aos servidores do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), parados há 69 dias. Ele prometeu fazer a intermediação junto aos ministérios da Previdência e do Planejamento para promover o fim da greve. A informação é da diretora da Fenasp (Federação Nacional dos Servidores em Previdência Social), Miraci Astum, que participou de reunião com Marinho na noite de hoje (9).

Após a reunião, os grevistas voltaram ao Ministério da Previdência, na tentativa de serem recebidos pelo ministro Nelson Machado. E prometeram passar a noite na porta do gabinete.