A polícia trabalha com a hipótese de dois suspeitos que teriam agido conjuntamente no caso, com base em imagens exclusivas feitas pelo cinegratista Gabriel Penchel da TV Brasil

Imagem:

Compartilhar:

Suspeito se apresenta à polícia e assume que portava rojão que atingiu cinegrafista

Criado em 08/02/14 10h41 e atualizado em 08/02/14 17h12
Por Portal EBC*

Portal EBC - Um dos suspeitos de terem atingido com um rojão o cinegrafista da Rede Bandeirantes durante os protestos de quinta-feira (06) contra o aumento da passagem no Rio de Janeiro, o estudante universitário Fábio Raposo, que trabalha como tatuador, procurou espontaneamente a delegacia da Barra da Tijuca por volta das 05h30 deste sábado (07) e assumiu que portava o rojão, mas nega que tenha acionado o artefato.No depoimento, Fábio alegou ter encontrado o artefato no chão, entregando-o para uma segunda pessoa, que o teria acendido. O jovem foi liberado depois de prestar depoimento.

Imagens exclusivas da TV Brasil mostram suspeitos de acender rojão em protesto [2]

Estado de cinegrafista ainda é muito grave, afirma boletim médico [3]

O caso foi encaminhado para a 17ª Delegacia de Polícia na Rua São Cristóvão e será conduzido pelo delegado Maurício Luciano de Lima e Silva, que não quis falar com a reportagem por telefone, com a alegação de que "não há nenhuma informação sobre o caso".

A polícia trabalha com a hipótese de dois suspeitos que teriam agido conjuntamente no caso, com base em imagens exclusivas feitas pelo cinegratista Gabriel Penchel da TV Brasil. O rapaz foi liberado por ter se apresentado à delegacia espontaneamente e por não ter havido flagrante. O próximo passo das investigações será analisar as imagens da Companhia de Engenharia  de Tráfego  do Rio de Janeiro (CET-Rio), da SuperVia e do Comando Militar do Leste (CML) para tentar encontrar a fisionomia do suspeito que acionou a bomba. Na próxima segunda-feira (10), está programado o depoimento à polícia do fotógrafo do jornal O Globo que afirma ter visto o momento exato em que o principal suspeito deflagrou o rojão que feriu o cinegrafista.

Confira abaixo as imagens:

Creative Commons - CC BY 3.0 -

O cinegrafista da Rede Bandeirantes Santiago Andrade permanece em coma induzido no Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro do Rio. Seu estado é considerado muito grave, de acordo com informação fornecida há pouco pela assessoria de imprensa da Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro.

* Atualizada às 13h55 com informações da Agência Brasil

Creative Commons - CC BY 3.0

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Fazer uma Denúncia [28] Fazer uma Reclamação [28] Fazer uma Elogio [28] Fazer uma Sugestão [28] Fazer uma Solicitação [28] Fazer uma Simplifique [28]

Deixe seu comentário