Palocci explica parecer favorável à CPMF em Comissão da Câmara antes do início da votação

14/09/2007 - 0h40

Iolando Lourenço
Repórter da Agência Brasil
Brasília - O deputado Antonio Palocci (PT-SP) iniciou há pouco a explicação de seu parecer favorável à prorrogação da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) e da Desvinculação das Receitas da União (DRU) até 31 de dezembro de 2011, na Comissão Especial da Câmara, que poderá iniciar a votação em seguida.Por 13 votos a favor e cinco contrários, os deputados aprovaram requerimento para o fim das discussões do parecer, mas a oposição manteve a obstrução do processo de votação, com a apresentação de novos requerimentos e questões de ordem.Se for aprovado, o parecer seguirá para o plenário da Câmara, onde três medida provisórias ainda trancam a pauta, e a partir de sábado (15), mais uma. Para ser aprovado no plenário, em dois turnos de votação, são necessários os votos de 308 dos 513 deputados.