Comissão da Câmara começa a discutir parecer sobre prorrogação da CPMF

13/09/2007 - 22h32

Iolando Lourenço
Repórter da Agência Brasil
Brasília - Depois de mais de duas horas de obstrução, pelos partidos de oposição (DEM, PSDB e PPS) na Comissão Especial da Câmara, começou há pouco a discussão do parecer do deputado Antonio Palocci (PT-SP) favorável à prorrogação da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) e da Desvinculação das Receitas da União (DRU) até 31 de dezembro de 2011.Cerca de 20 deputados estão inscritos para debater a matéria, mas depois que cinco deles falarem contra e outros cinco, a favor, os aliados do governo deverão apresentar requerimento para encerrar a discussão. Se aprovado o requerimento, começará a votação do parecer. Cada deputado inscrito tem até 15 minutos para falar. A Comissão Especial é composta por 18 titulares – 13 deles integrantes da base governista e cinco, da oposição. Para a aprovação do parecer são necessários 10 votos favoráveis.