Fundação Joaquim Nabuco promove debate sobre Golpe de 1964

30/03/2004 - 23h02

Márcia Wonghon
Repórter da Agência Brasil

Recife - As causas e as consequências do período da ditadura militar serão debatidas no seminário "O Golpe de 1964 - 40 anos depois", promovido pela Fundação Joaquim Nabuco. O evento foi aberto nesta terça no Teatro Santa Isabel pelo presidente da Fundação, Fernando Lyra e o governador de Pernambuco, Jarbas Vasconcelos.

Os debates estão programados para acontecer a partir de amanhã na sede da Fundação, com a participação de historiadores, economistas, jornalistas, cientistas políticos e políticos que foram exilados. O primeiro painel, sobre a democracia e as Reformas de Base, será proferido pela cientista política, Angela Figuereiro, da Universiade de Campinas (SP). Veja programação no site www.fundaj.gov.br.

O governador Jarbas Vasconcelos afirmou que o seminário é importante para que as novas gerações tomem conhecimento da história política do Brasil não só através de livros, mas também por meio de depoimentos de pessoas que vivenciaram os fatos, foram perseguidas e torturadas.