Comissão de Monitoramento do Mercosul realiza primeira reunião

10/11/2003 - 21h12

Rio, 10/11/2003 (Agência Brasil - ABr) - A Comissão de Monitoramento do Comércio entre Argentina e Brasil realizou sua primeira reunião hoje, na sede do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), no Rio de Janeiro. Sem poder de decisão, o objetivo do encontro foi aproximar as posições brasileira e argentina para a próxima reunião do Grupo Mercado Comum, que acontecerá em dezembro. De acordo com o secretário-executivo do Ministério do Desevolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Márcio Fortes, os temas principais foram a situação da Zona Franca de Manaus, que hoje tem uma tributação diferenciada do resto do país, e os negociadores brasileiros querem as mesmas regras; e o setor automobilístico.

Para Márcio Fortes, a questão da tarifação deverá ser discutida de maneira mais aprofundada, porque cada tipo de produto deverá ser analisado. "É um quadro complexo, o Brasil sempre esteve em déficit nas transações comercias com a Argentica. No entanto, aqui não houve consenso, nem tão-pouco desentendimento. Nós estamos aqui trocando idéias de maneira informal. O que os dois países querem é um regime comum e estamos buscando soluções, propondo negociações", disse Fortes.