''Você contrata o médico em que confia'', diz Mercadante sobre Duda Mendonça

22/09/2003 - 21h44

Brasília, 22/9/2003 (Agência Brasil - ABr) - Ao responder críticas do senador Arthur Virgílio (PSDB-AM) à participação do publicitário Duda Mendonça na propaganda do Governo Federal, e ao mesmo tempo na propaganda do PT, o líder do governo no Senado, senador Aloizio Mercandante (PT-SP), afirmou que não vê nenhum problema de a Secretaria de Comunicação, por meio de licitação pública, contratar a agência de publicidade: "São várias agências que estão sendo contratadas e que vão prestar serviços para melhorar a qualidade da comunicação do governo".

Mercadante afirmou ainda que, no governo anterior, a figura de Nizan Guanaes era proeminente na estratégia da política de comunicação não só do governo como também do PSDB. O líder ressaltou que Nizan vinha "exatamente do resultado da eleição de 94". "Você contrata o médico em que você confia", comparou Mercadante. O senador Arthur Virgílio afirmou na tribuna que "fazer as duas coisas juntas, a propaganda do governo e a do PT, não é ético, e o fato deve ser considerado um escândalo".