Etanol Terminal Terrestre de Ribeirão Preto https://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil//taxonomy/term/170848/all pt-br Presidenta Dilma diz que governo aposta em logística para o país crescer https://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil//noticia/2013-08-12/presidenta-dilma-diz-que-governo-aposta-em-logistica-para-pais-crescer <p><img alt="" src="https://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil//sites/_agenciabrasil/files/imagecache/300x225/gallery_assist/26/gallery_assist715269/prev/TU12824-Editar.jpg" style="width: 300px; height: 225px; float: right; margin: 7px;" />Danilo Macedo<br /> <em>Rep&oacute;rter da Ag&ecirc;ncia Brasil </em></p> <p>Bras&iacute;lia &ndash; A presidenta Dilma Rousseff disse hoje (12) que seu governo aposta em uma nova log&iacute;stica para que o pa&iacute;s cres&ccedil;a. Durante inaugura&ccedil;&atilde;o de primeiro trecho do Sistema Log&iacute;stico de Etanol Ribeir&atilde;o Preto-Paul&iacute;nia, em Ribeir&atilde;o Preto, Dilma afirmou que o pa&iacute;s n&atilde;o tem uma infraestrutura log&iacute;stica compat&iacute;vel com sua dimens&atilde;o e necessita de investimentos no setor para garantir a competitividade.</p> <p>&ldquo;Esse trecho que estamos inaugurando hoje faz parte de um grande esfor&ccedil;o do pa&iacute;s para modernizar sua estrutura log&iacute;stica e assegurar que ela seja, de fato, um elemento de desenvolvimento do pa&iacute;s. N&oacute;s precisamos disso n&atilde;o s&oacute; para escoar os produtos, n&atilde;o s&oacute; porque &eacute; a forma mais competitiva, mas porque esse &eacute; o elemento fundamental para o pa&iacute;s crescer&rdquo;, disse a presidenta.</p> <p>O duto escoar&aacute; o derivado da cana-de-a&ccedil;&uacute;car, tem 206 quil&ocirc;metros de extens&atilde;o, do Terminal Terrestre de Ribeir&atilde;o Preto &agrave; Refinaria de Paul&iacute;nia, e ser&aacute; operado pela Transpetro, subsidi&aacute;ria da Petrobras. &Eacute; a primeira parte de uma rede de dutos que ligar&aacute; v&aacute;rias regi&otilde;es produtoras a refinarias e mercados consumidores.</p> <p>A partir do uso comercial do duto, ser&aacute; poss&iacute;vel a venda do etanol hidratado em Paul&iacute;nia ou sua transfer&ecirc;ncia, por outros dutos, para Barueri e para o Rio de Janeiro. &ldquo;Esta nova planta &eacute; um projeto inovador, que envolve a integra&ccedil;&atilde;o de dutos e hidrovia, mostra que o Brasil tem na integra&ccedil;&atilde;o de diferentes modais de transporte, um dos elementos essenciais para garantir a sua competitividade&rdquo;, disse.</p> <p>Dilma ressaltou que o pa&iacute;s precisa de um sistema de transporte que integre diferentes modais, eficiente e compat&iacute;vel com sua extens&atilde;o continental e diversidade econ&ocirc;mica. Segundo ela, as concess&otilde;es de ferrovias e rodovias s&atilde;o um dos principais eixos definidos pelo governo para reverter a defasagem log&iacute;stica do pa&iacute;s.</p> <p>&ldquo;Por meio delas [das concess&otilde;es], pretendemos expandir em 10 mil quil&ocirc;metros as ferrovias e duplicar 7,5 mil quil&ocirc;metros de estradas. O Brasil n&atilde;o tem um sistema ferrovi&aacute;rio compat&iacute;vel com a sua dimens&atilde;o&rdquo;, disse a presidenta, informando que as licita&ccedil;&otilde;es de ferrovias acontecer&atilde;o entre este m&ecirc;s e abril de 2014.</p> <p>O governador de S&atilde;o Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), participou da inaugura&ccedil;&atilde;o e ressaltou a import&acirc;ncia do projeto para o setor sucroalcooleiro, que tem o estado como maior produtor e emprega 1,3 milh&atilde;o de trabalhadores. Al&eacute;m disso, o governador falou sobre as parcerias entre as diferentes esferas de governo. &ldquo;Quero aqui destacar que, quando as entidades federativas se unem, o pa&iacute;s ganha, e quando todos n&oacute;s nos unimos aos empreendedores e aos trabalhadores, esse benef&iacute;cio &eacute; ainda maior. Esse &eacute; um dia de grande conquista&rdquo;.</p> <p>O projeto que teve seu primeiro trecho inaugurado hoje ter&aacute; aproximadamente 1,3 mil quil&ocirc;metros de extens&atilde;o de dutos e 700 quil&ocirc;metros de hidrovia. Ser&atilde;o 15 terminais de coleta e distribui&ccedil;&atilde;o e capacidade de transporte de 20 milh&otilde;es de metros c&uacute;bicos (m&sup3;) de etanol por ano, al&eacute;m de capacidade de armazenamento operacional de 1,2 milh&atilde;o de m&sup3; de etanol. Quando estiver conclu&iacute;do, passar&aacute; por 45 munic&iacute;pios, ligando os estados de Goi&aacute;s, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e S&atilde;o Paulo ao centro de armazenagem de Paul&iacute;nia, o principal do pa&iacute;s, de onde ser&aacute; transportado para as regi&otilde;es metropolitanas de S&atilde;o Paulo e Rio de Janeiro, al&eacute;m do Porto de Santos, para exporta&ccedil;&atilde;o. O projeto tem investimento de R$ 7 bilh&otilde;es, por meio de financiamento do BNDES e bancos comerciais, e faz parte do Programa de Acelera&ccedil;&atilde;o do Crescimento (PAC 2).</p> <p>&nbsp;</p> <p>&nbsp;</p> <p> <em>Edi&ccedil;&atilde;o: Beto Coura</em><br /> <em>Todo o conte&uacute;do deste site est&aacute; publicado sob a Licen&ccedil;a Creative Commons Atribui&ccedil;&atilde;o 3.0 Brasil. Para reproduzir as mat&eacute;rias &eacute; necess&aacute;rio apenas dar cr&eacute;dito &agrave; <strong>Ag&ecirc;ncia Brasil</strong></em></p> dilma rousseff Economia Etanol Terminal Terrestre de Ribeirão Preto Geraldo Alckmin infraestrutura logística petrobras Refinaria de Paulínia Sistema Logístico de Etanol Ribeirão Preto-Paulínia Transpetro Mon, 12 Aug 2013 17:18:21 +0000 alberto.coura 727831 at https://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/