direitos das mulheres negras http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/taxonomy/term/168547/all pt-br Festival sobre a mulher negra da África, América Latina e do Caribe começa hoje em Brasília http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/noticia/2013-07-19/festival-sobre-mulher-negra-da-africa-america-latina-e-do-caribe-comeca-hoje-em-brasilia <p>Yara Aquino<br /> <em>Rep&oacute;rter da Ag&ecirc;ncia Brasil</em></p> <p> Bras&iacute;lia &ndash; Mesclando debates sobre pol&iacute;ticas p&uacute;blicas, literatura, moda e m&uacute;sica, come&ccedil;a hoje (19) em Bras&iacute;lia, a 6&ordf; edi&ccedil;&atilde;o do Latinidades - Festival da Mulher Afro-Latino-Americana e Caribenha. O evento busca dar visibilidade &agrave; tem&aacute;tica dos direitos das mulheres negras e marca a celebra&ccedil;&atilde;o do 25 de julho, Dia da Mulher Afro-Latino-Americana e Caribenha. A edi&ccedil;&atilde;o deste ano tem como tema A Arte e a Cultura Negra.</p> <p> O festival come&ccedil;a hoje com um show musical e, at&eacute; o pr&oacute;ximo dia 27, ter&aacute; palestras, oficinas, lan&ccedil;amentos de livros e pesquisas. A coordenadora do Latinidades, Jaqueline Fernandes, explica que o evento &eacute; o momento de reunir mulheres negras de diferentes estados e pa&iacute;ses e tratar de quest&otilde;es espec&iacute;ficas da realidade do grupo. &ldquo;Os piores &iacute;ndices de acesso a pol&iacute;ticas p&uacute;blicas diz respeito &agrave;s mulheres negras em geral. Por isso, a necessidade de fazer esse recorte, discutir a situa&ccedil;&atilde;o da mulher negra na Am&eacute;rica Latina e no Caribe&rdquo;, disse.</p> <p> Ao longo dos pr&oacute;ximos dias ser&atilde;o realizadas oficinas de dan&ccedil;a e penteado afro e de arte e gastronomia africana. Na segunda-feira (22) haver&aacute; a primeira mesa de debates com o tema Pol&iacute;ticas P&uacute;blicas para a Cultura Negra. Tamb&eacute;m est&atilde;o entre os assuntos em debate o empreendedorismo e a economia criativa. Na ter&ccedil;a-feira (23), est&aacute; prevista a presen&ccedil;a do ex-presidente Luiz In&aacute;cio Lula da Silva para tratar de a&ccedil;&otilde;es afirmativas.</p> <p> Participantes da Col&ocirc;mbia, de Cuba, da &Aacute;frica do Sul, Nig&eacute;ria, do Congo, Zimbabue, da Holanda e dos Estados Unidos tamb&eacute;m marcar&atilde;o presen&ccedil;a no festival. De acordo com a organiza&ccedil;&atilde;o do Latinidades, no ano passado, a 5&ordf; edi&ccedil;&atilde;o do evento reuniu 50 mil pessoas e a expectativa para esse ano &eacute; ampliar o p&uacute;blico.</p> <p> <em>Edi&ccedil;&atilde;o: Denise Griesinger</em></p> <p> Todo conte&uacute;do deste site est&aacute; publicado sob a Licen&ccedil;a Creative Commons Atribui&ccedil;&atilde;o 3.0 Brasil. Para reproduzir a mat&eacute;ria, &eacute; necess&aacute;rio apenas dar cr&eacute;dito &agrave; <strong>Ag&ecirc;ncia Brasil</strong><br /> &nbsp;</p> 6ª edição do Latinidades - Festival da Mulher Afro-Latino-Americana e Caribenha acesso a políticas públicas arte e cultura negra Cidadania Dia da Mulher Afro-Latino-Americana e Caribenha direitos das mulheres negras Lançamento de livro oficinas palestras Políticas Públicas para a Cultura Negra shows Fri, 19 Jul 2013 15:32:15 +0000 deniseg 726006 at http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil