46 ocupações http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/taxonomy/term/167252/all pt-br Crianças alemãs lotam torneio de ensino profissional e impressionam competidores brasileiros http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/noticia/2013-07-06/criancas-alemas-lotam-torneio-de-ensino-profissional-e-impressionam-competidores-brasileiros <p>Gilberto Costa*<br /> <em>Enviado especial da Ag&ecirc;ncia Brasil/EBC</em></p> <p> Leipzig (Alemanha) &ndash; Os competidores brasileiros que participam da olimp&iacute;ada da educa&ccedil;&atilde;o profissional, a WorldSkills Competition 2013, est&atilde;o impressionados com o interesse da popula&ccedil;&atilde;o alem&atilde;, em especial dos adolescentes e crian&ccedil;as, pelas provas nas 46 ocupa&ccedil;&otilde;es em disputa na cidade de Leipzig (a 150 quil&ocirc;metros de Berlim).</p> <p> <img alt="" src="http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/agenciabrasil/sites/_agenciabrasil/files/imagecache/300x225/gallery_assist/26/gallery_assist715269/prev/Crian%C3%A7as%20acompanham%20evento%202.JPG" style="width: 300px; height: 225px; margin: 3px; float: right;" />&ldquo;Eles est&atilde;o incentivando desde cedo as crian&ccedil;as a entrarem no mundo do trabalho. Isso &eacute; muito importante&rdquo;, avalia Marcos Assis de Oliveira, competidor do Servi&ccedil;o Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) de Belo Horizonte nas provas de constru&ccedil;&atilde;o com gesso.</p> <p>&ldquo;A WorldSkills &eacute; uma atra&ccedil;&atilde;o, me parece que eles t&ecirc;m interesse pelas ocupa&ccedil;&otilde;es&rdquo;, disse o ga&uacute;cho Ricardo Vivian, aluno do Senai de<em> design</em> gr&aacute;fico se referindo &agrave;s crian&ccedil;as que espiam as provas. &ldquo;O princ&iacute;pio de tudo aqui &eacute; a educa&ccedil;&atilde;o profissional. Este evento &eacute; para levar o profissional ao mercado&rdquo;, assinala Bruno Assis, aluno do Senai de Bauru (SP), que ontem (5) participou da prova de sistema de freio de autom&oacute;veis.</p> <p> As competi&ccedil;&otilde;es encerram hoje e ainda n&atilde;o foi divulgado o n&uacute;mero de jovens que visitaram a WorldSkills, mas o diretor-geral do Senai, Rafael Lucchesi, tem uma explica&ccedil;&atilde;o sociol&oacute;gica para o interesse. &ldquo;Essa sociedade [alem&atilde;] participou da revolu&ccedil;&atilde;o iluminista [s&eacute;culo 18]&rdquo;. Segundo ele, por raz&otilde;es hist&oacute;ricas a educa&ccedil;&atilde;o profissional &eacute; um &ldquo;modelo forte e culturalmente arraigado&rdquo; e mobiliza fam&iacute;lias, escolas, empresas e o Estado em torno da &ldquo;&eacute;tica do trabalho&rdquo;.</p> <p> A Alemanha tem um dos melhores &iacute;ndices de desenvolvimento humano do mundo (nono lugar); &eacute; a sexta maior economia (Produto Interno Bruto de US$ 3,4 trilh&otilde;es); e &eacute; uma das principais economias exportadoras de produtos de grande valor agregado, como equipamentos de precis&atilde;o para diagn&oacute;sticos qu&iacute;micos e medicamentos.</p> <p> &ldquo;Eles t&ecirc;m um tipo de educa&ccedil;&atilde;o bastante diferente da nossa e d&atilde;o muito valor &agrave; educa&ccedil;&atilde;o t&eacute;cnica&rdquo;, salienta Carlos Eduardo Abijaodi, diretor de Desenvolvimento Industrial da Confedera&ccedil;&atilde;o Nacional da Ind&uacute;stria (CNI). Segundo ele, a forma&ccedil;&atilde;o profissional &ldquo;d&aacute; condi&ccedil;&otilde;es &agrave; Alemanha de ter qualidade na fabrica&ccedil;&atilde;o dos seus produtos e ter alta competitividade econ&ocirc;mica&rdquo;.</p> <p> Abijaodi chama aten&ccedil;&atilde;o para o modelo de ensino t&eacute;cnico-profissional que existe na Alemanha que combina atividade laboral e aprendizagem (sistema dual). Mais da metade dos jovens do pa&iacute;s (18 a 25 anos) se dedicam a uma carreira que tem forma&ccedil;&atilde;o feita diretamente nas empresas (dois ter&ccedil;os do tempo) e nas escolas de aprendizagem (um ter&ccedil;o do per&iacute;odo).</p> <p> O ingresso no sistema de forma&ccedil;&atilde;o se d&aacute; pelas empresas que recrutam os melhores alunos por meio de sele&ccedil;&atilde;o pr&oacute;pria. Ap&oacute;s a aceita&ccedil;&atilde;o nas empresas (80% delas de pequeno porte), o aluno &eacute; encaminhado para matricular-se na escola de aprendizagem correspondente &agrave; atividade laboral. Al&eacute;m de boa qualifica&ccedil;&atilde;o, o modelo gera relativa estabilidade de emprego. A Alemanha &eacute; um dos pa&iacute;ses da Europa com menor <a href="http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-07-01/desemprego-na-europa-tem-ligeira-baixa-mas-sobe-na-zona-do-euro">taxa de desemprego</a>, inclusive entre jovens.</p> <p> O diretor-geral do Senai, Rafael Lucchesi, explica que n&atilde;o &eacute; poss&iacute;vel fazer uma transposi&ccedil;&atilde;o imediata do modelo alem&atilde;o para o Brasil por causa de restri&ccedil;&otilde;es da legisla&ccedil;&atilde;o trabalhista e por causa dos curr&iacute;culos educacionais. &ldquo;A gente tem que ter um sistema educacional que forme para a cidadania e para o trabalho&rdquo;. Em sua opini&atilde;o, &ldquo;h&aacute; baixa ader&ecirc;ncia&rdquo; entre o que se aprende na escola, os interesses do jovem e o que ser&aacute; demandado quando come&ccedil;arem a trabalhar.</p> <p> Al&eacute;m disso, Lucchesi assinala que, diferente da Alemanha, no Brasil o trabalho manual &eacute;<a href="http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-07-03/em-torneio-internacional-especialista-defende-estimulo-ao-ensino-profissional-no-brasil"> pouco valorizado socialmente e sofre preconceito</a>. Para ele, o desenvolvimento sustentado depende do sistema educacional que precisa &ldquo;ter uma agenda de educa&ccedil;&atilde;o mais perto da juventude&rdquo;.</p> <p> <em>*O rep&oacute;rter viajou a convite da Confedera&ccedil;&atilde;o Nacional da Ind&uacute;stria (CNI)</em></p> <p> <em>Edi&ccedil;&atilde;o: Carolina Pimentel</em></p> <p> <em>Todo o conte&uacute;do deste site est&aacute; publicado sob a Licen&ccedil;a Creative Commons Atribui&ccedil;&atilde;o 3.0 Brasil. Para reproduzir o material &eacute; necess&aacute;rio apenas dar cr&eacute;dito &agrave; <strong>Ag&ecirc;ncia Brasil</strong></em></p> 46 ocupações adolescentes Agência Brasil alemanha brasil CNI competidores brasileiros crianças ensino profissionalizante formação profissional Internacional Leipzig qualificação Senai WorldSkills Competition 2013 Sat, 06 Jul 2013 19:23:39 +0000 carolinap 725039 at http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil