troca de tiros entre policiais e criminosos http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/taxonomy/term/167011/all pt-br Cabral lamenta mortes na Maré e diz que comunidade vai ter UPP http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/noticia/2013-07-04/cabral-lamenta-mortes-na-mare-e-diz-que-comunidade-vai-ter-upp <p>Isabela Vieira<br /> <em>Rep&oacute;rter da Ag&ecirc;ncia Brasil</em></p> <p> Rio de Janeiro &ndash; Passados dez dias da a&ccedil;&atilde;o policial que deixou dez mortos na comunidade da Mar&eacute;, na zona norte da cidade, o governador S&eacute;rgio Cabral lamentou hoje (4) as mortes. Ontem (3), um <a href="http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-07-02/ato-ecumenico-lembra-os-mortos-da-acao-do-bope-no-complexo-da-mare">ato ecum&ecirc;ncio</a> reuniu milhares de pessoas no local.</p> <p>&quot;Primeiro, tenho que lamentar a morte de inocentes, a morte do policial do Batalh&atilde;o de Opera&ccedil;&otilde;es Especiais (Bope) e at&eacute; mesmo de marginais, porque o correto &eacute;, sempre que poss&iacute;vel, a pris&atilde;o. Mas quando revidam atirando, a pol&iacute;cia n&atilde;o pode deixar de reagir&quot;, declarou, enfatizando que a situa&ccedil;&atilde;o n&atilde;o &eacute; frequente.</p> <p>O governador aproveitou para lembrar que uma Unidade de Pol&iacute;cia Pacificadora est&aacute; prevista para ser instalada na comunidade, com objetivo de evitar confrontos entre policiais e criminosos. &quot;&Eacute; uma situa&ccedil;&atilde;o ainda do Rio de Janeiro que estamos avan&ccedil;ando para pacificar&quot;, disse. Segundo ele, tr&ecirc;s fac&ccedil;&otilde;es criminosas est&atilde;o instaladas na Mar&eacute;.</p> <p>No dia 24 de junho, policiais e traficantes trocaram tiros na favela Nova Holanda, no Complexo da Mar&eacute;. A Pol&iacute;cia Militar (PM) entrou na comunidade em busca de homens que aproveitaram uma manifesta&ccedil;&atilde;o nas proximidades para assaltar e roubar. Um sargento do Batalh&atilde;o de Opera&ccedil;&otilde;es Especiais (Bope) morreu. A opera&ccedil;&atilde;o resultou na morte de mais nove pessoas, inclusive de moradores sem antecedentes criminais.</p> <p>Perguntado se houve abusos por parte da pol&iacute;cia tanto na opera&ccedil;&atilde;o na Mar&eacute; quanto em rela&ccedil;&atilde;o &agrave;s manifesta&ccedil;&otilde;es populares que ocorreram em v&aacute;rios pontos da cidade nas &uacute;ltimas semanas, Cabral disse que os excessos ser&atilde;o investigados. Por&eacute;m, destacou que, os policiais, neste tipo de situa&ccedil;&atilde;o (dos protestos), ficam em estado de tens&atilde;o.</p> <p>&quot;Claro que voc&ecirc; tamb&eacute;m tem que ter sempre a compreens&atilde;o do policial, trabalhando em um estado de alta tens&atilde;o, vendo ao mesmo tempo uma maioria pac&iacute;fica e uma minoria encapuzada, &agrave;s vezes, com pedras portuguesas nas m&atilde;os, coqueteis molotov, operando para o quanto pior, melhor&quot;, disse.</p> <p>S&eacute;rgio Cabral tamb&eacute;m se disse <a href="http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-07-04/governador-do-rio-diz-que-ficou-incomodado-com-manifestacao-na-porta-de-casa">incomodado</a> com manifesta&ccedil;&otilde;es na porta de sua casa, onde um grupo ficou acampado por quase duas semanas.&nbsp; Para ele, prostesto contra o governador deve ser feito em frente &agrave; sede do governo.</p> <p> &nbsp;</p> <p><em>Edi&ccedil;&atilde;o: Carolina Pimentel</em></p> <p> <em>Todo o conte&uacute;do deste site est&aacute; publicado sob a Licen&ccedil;a Creative Commons Atribui&ccedil;&atilde;o 3.0 Brasil. Para reproduzir o material &eacute; necess&aacute;rio apenas dar cr&eacute;dito &agrave; <b>Ag&ecirc;ncia Brasil</b></em></p> Bope Complexo da Maré favela nova holanda goevrnador Sérgio Cabral manifestações populares mortes Nacional Operação policial protestos troca de tiros entre policiais e criminosos UPP Thu, 04 Jul 2013 20:08:36 +0000 carolinap 724900 at http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil