Kátia Passos http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/taxonomy/term/164521/all pt-br Associação de jornais condena ação policial em protesto contra reajuste de passagens em SP http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/noticia/2013-06-14/associacao-de-jornais-condena-acao-policial-em-protesto-contra-reajuste-de-passagens-em-sp <p>Camila Maciel<br /> <em>Rep&oacute;rter da Ag&ecirc;ncia Brasil</em></p> <p>S&atilde;o Paulo &ndash; A Associa&ccedil;&atilde;o Nacional de Jornais (ANJ) condenou hoje (14), por meio de nota, a a&ccedil;&atilde;o policial durante o protesto ocorrido ontem, na capital paulista, contra o reajuste de passagens de transporte p&uacute;blico. A entidade avalia que h&aacute; evid&ecirc;ncias de que &quot;a a&ccedil;&atilde;o policial extrapolou o rigor cab&iacute;vel em a&ccedil;&otilde;es voltadas &agrave; manuten&ccedil;&atilde;o da ordem&quot;. Considera que &quot;&eacute; inaceit&aacute;vel a pris&atilde;o de rep&oacute;rteres e a brutalidade empregada pelas for&ccedil;as policiais contra jornalistas&quot;, assinala o documento assinado pelo vice-presidente da associa&ccedil;&atilde;o, Francisco Mesquita Neto.</p> <p>Durante o quarto dia de protesto em S&atilde;o Paulo, 232 pessoas foram levadas &agrave; delegacia. Entre elas, o jornalista da revista <em>Carta Capital </em>Piero Locatelli. Ele foi detido por policiais militares, porque carregava um frasco de vinagre. Os agentes n&atilde;o souberam, no entanto, explicar porque o porte da subst&acirc;ncia foi considerado motivo para averigua&ccedil;&atilde;o. O jornalista, assim como outros manifestantes, disseram que levavam vinagre para se proteger do g&aacute;s lacrimog&ecirc;neo.</p> <p>A rep&oacute;rter do jornal <em>Folha de S.Paulo</em> Giuliana Vallone tamb&eacute;m sofreu consequ&ecirc;ncias da a&ccedil;&atilde;o policial. Ela foi atingida por uma bala de borracha no olho. &quot;Vi o policial mirar em mim e no querido colega Leandro Machado e atirar. Tomei um tiro na cara. O m&eacute;dico disse que os meus &oacute;culos possivelmente salvaram meu olho&quot;, aponta o relato da jornalista em uma rede social. Ela disse que passa bem.</p> <p>Uma bala de borracha atingiu o olho do fot&oacute;grafo S&eacute;rgio Silva, da Ag&ecirc;ncia Futura Press. Segundo boletim m&eacute;dico, divulgado pela esposa dele, K&aacute;tia Passos, S&eacute;rgio apresenta les&otilde;es oculares e fraturas de &oacute;rbita e ainda n&atilde;o &eacute; poss&iacute;vel definir se haver&aacute; danos permanentes &agrave; vis&atilde;o.</p> <p>A ANJ pede que &quot;as autoridades investiguem o epis&oacute;dio, adotando as medidas cab&iacute;veis para que os respons&aacute;veis pelos excessos sejam punidos e para assegurar que o trabalho da imprensa seja respeitado e a integridade de seus profissionais preservada&quot;.</p> <p>&nbsp;</p> <p> <em>Edi&ccedil;&atilde;o: Beto Coura</em></p> <p><em>Todo o conte&uacute;do deste site est&aacute; publicado sob a Licen&ccedil;a Creative Commons Atribui&ccedil;&atilde;o 3.0 Brasil. Para reproduzir as mat&eacute;rias &eacute; necess&aacute;rio apenas dar cr&eacute;dito &agrave; <strong>Ag&ecirc;ncia Brasil</strong></em></p> ANJ Associação Nacional de Jornais Carta Capital Folha de S.Paulo Francisco Mesquita Neto Giuliana Vallone Kátia Passos Leandro Machado Nacional Piero Locatelli Sérgio Silva Fri, 14 Jun 2013 19:00:09 +0000 alberto.coura 723060 at http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil