Conselho Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Direito https://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil//taxonomy/term/154859/all pt-br Ditadura militar violou direitos de 50 mil pessoas, diz Comissão Nacional da Verdade https://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil//noticia/2013-02-25/ditadura-militar-violou-direitos-de-50-mil-pessoas-diz-comissao-nacional-da-verdade <p> Luciano Nascimento<br /> <em>Rep&oacute;rter da Ag&ecirc;ncia Brasil</em></p> <p> Bras&iacute;lia &ndash; Os levantamentos feitos pela Comiss&atilde;o Nacional da Verdade (CNV) estimam que 50 mil pessoas foram, de alguma forma, afetadas e tiveram direitos violados pela repress&atilde;o durante a ditadura militar. O n&uacute;mero inclui presos, exilados, torturados, mas tamb&eacute;m familiares que perderam algum parente nas a&ccedil;&otilde;es durante o per&iacute;odo de 1964 a 1985, al&eacute;m de pessoas que sofreram algum tipo de persegui&ccedil;&atilde;o.</p> <p> A CNV reuniu nesta segunda-feira (25) representantes de comiss&otilde;es estaduais e de v&aacute;rias institui&ccedil;&otilde;es para apresentar um balan&ccedil;o dos trabalhos feitos e assinar termos de coopera&ccedil;&atilde;o com quatro organiza&ccedil;&otilde;es.</p> <p> A CNV assinou termos de coopera&ccedil;&atilde;o com a Associa&ccedil;&atilde;o Nacional de Hist&oacute;ria (Anpuh), com&nbsp; o Conselho Nacional de Pesquisa e P&oacute;s-Gradua&ccedil;&atilde;o em Direito (Conpedi), com a Federa&ccedil;&atilde;o Nacional dos Jornalistas (Fenaj) e com o Sindicato dos Petroleiros do Rio de Janeiro. &ldquo;Estamos compartilhando nossa metodologia, nossa estrat&eacute;gia com uma ampla gama de comiss&otilde;es da verdade j&aacute; criadas, algumas em cria&ccedil;&atilde;o e outros grupos que est&atilde;o em processo de cria&ccedil;&atilde;o de suas comiss&otilde;es&rdquo;, disse o coordenador da CNV, Paulo S&eacute;rgio Pinheiro.</p> <p> Pinheiro disse que os conv&ecirc;nios assinados firmam parcerias de colabora&ccedil;&atilde;o e troca de informa&ccedil;&otilde;es. &ldquo;S&atilde;o acordos de coopera&ccedil;&atilde;o e basicamente p&otilde;em a servi&ccedil;o dessas institui&ccedil;&otilde;es nossas compet&ecirc;ncias, como por exemplo, o acesso aos arquivos e eventuais convoca&ccedil;&otilde;es para depoimentos,&rdquo; disse.</p> <p> Recentemente, a <a href="http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-02-20/documentos-do-sni-mostram-como-ditadura-militar-vigiava-funcionarios-da-petrobras" target="_blank">Comiss&atilde;o Nacional da Verdade recebeu da Petrobras mais de 400 rolos de microfilmes, </a>al&eacute;m de microfichas e documentos textuais. O material, de acordo com a CNV, ajudar&aacute; a entender como o regime militar monitorava os trabalhadores da empresa.</p> <p> O coordenador da CNV estima que at&eacute; o momento a comiss&atilde;o examinou &ldquo;por baixo&rdquo; cerca de 30 milh&otilde;es de p&aacute;ginas de documentos e que fez centenas de entrevistas. Pinheiro disse que, em fun&ccedil;&atilde;o do volume de informa&ccedil;&otilde;es, a CNV deve continuar pesquisando at&eacute; o final de 2013, quando a comiss&atilde;o dever&aacute; ter o esqueleto do relat&oacute;rio final em m&atilde;os. &ldquo;O relat&oacute;rio tem que estar nas m&atilde;os da presidenta da Rep&uacute;blica at&eacute; dia 16 de maio. Em princ&iacute;pio, acordamos entre n&oacute;s que at&eacute; dezembro a grande minuta do relat&oacute;rio tem que estar pronta&rdquo;, disse.</p> <p> <em>Edi&ccedil;&atilde;o: F&aacute;bio Massalli //O texto foi atualizado &agrave;s 19h35 para ajuste de informa&ccedil;&atilde;o e &agrave;s 20h13 para corre&ccedil;&atilde;o de informa&ccedil;&atilde;o: a ditadura militar foi de 1964 a 1985 e n&atilde;o de 1964 a 1988, como tinha sido publicado</em></p> <p> <em>Todo o conte&uacute;do deste site est&aacute; publicado sob a Licen&ccedil;a Creative Commons Atribui&ccedil;&atilde;o 3.0 Brasil. Para reproduzir as mat&eacute;rias &eacute; necess&aacute;rio apenas dar cr&eacute;dito &agrave; <strong>Ag&ecirc;ncia Brasil</strong></em></p> acordo de cooperação Associação Nacional de História Cidadania CNV Comissão Nacional da Verdade Conselho Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Direito cooperação Fenaj Mon, 25 Feb 2013 21:19:50 +0000 fabio.massalli 714615 at https://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/