lixo tecnológico http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/taxonomy/term/141698/all pt-br Urnas eletrônicas vão ser atualizadas depois das eleições e não podem ser emprestadas até meados de 2013 http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/noticia/2012-08-29/urnas-eletronicas-vao-ser-atualizadas-depois-das-eleicoes-e-nao-podem-ser-emprestadas-ate-meados-de-2 <p> <span class="Object" id="OBJ_PREFIX_DWT58"><span class="Object-hover" id="OBJ_PREFIX_DWT59"><img alt="" src="http://agenciabrasil.ebc.com.br/ckfinder/userfiles/images/selo_ABR_eleicoes2012.png" style="width: 720px; height: 116px;" /></span></span></p> <p> Louren&ccedil;o Canuto<br /> <em>Rep&oacute;rter da Ag&ecirc;ncia Brasil</em></p> <p> Bras&iacute;lia &ndash; As urnas eletr&ocirc;nicas n&atilde;o v&atilde;o poder ser emprestadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) at&eacute; julho de 2013, em raz&atilde;o do pleito eleitoral deste ano e tamb&eacute;m porque v&atilde;o passar por processo de moderniza&ccedil;&atilde;o, o que vai garantir o uso permanente dos equipamentos. A informa&ccedil;&atilde;o foi divulgada hoje (29), em nota oficial, pelo Col&eacute;gio de Presidentes dos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs).</p> <p> De acordo com o presidente do col&eacute;gio, Marco Villas Boas, a Justi&ccedil;a Eleitoral, &ldquo;tradicionalmente, cede urnas eletr&ocirc;nicas para uso de entidades de classe e mesmo de governos estrangeiros&rdquo;. Durante o per&iacute;odo de atualiza&ccedil;&atilde;o das urnas, &ldquo;os protocolos ser&atilde;o aplicados apenas quando n&atilde;o representarem risco &agrave; garantia eleitoral dos cidad&atilde;os&rdquo;.</p> <p> Na nota, Villas Boas ressaltou que a atualiza&ccedil;&atilde;o, que ser&aacute; feita at&eacute; meados de 2013, vai gerar economia ao pa&iacute;s e garantir&aacute; &ldquo;o reaproveitamento dos equipamentos, antes condenados pela moderniza&ccedil;&atilde;o dos sistemas&rdquo;, evitando-se, portanto, o ac&uacute;mulo de lixo tecnol&oacute;gico.</p> <p> O TSE recebe demanda por empr&eacute;stimos de urnas eletr&ocirc;nicas por parte de governos estrangeiros e tamb&eacute;m por entidades de classe que se interessam pelo uso do equipamento em processos de vota&ccedil;&atilde;o de seu interesse. As urnas que ser&atilde;o usadas nas elei&ccedil;&otilde;es de 2012 j&aacute; contam com o leitor biom&eacute;trico para a identifica&ccedil;&atilde;o do eleitor por meio das impress&otilde;es digitais, com exce&ccedil;&atilde;o dos equipamentos Modelo UE 2004.</p> <p> De acordo com o TSE, a biometria permite &agrave; Justi&ccedil;a Eleitoral garantir ainda mais seguran&ccedil;a &agrave; identidade do eleitor, uma vez que cada pessoa tem digitais &uacute;nicas, o que impede a tentativa de fraude no momento da vota&ccedil;&atilde;o.</p> <p> No pleito de outubro, ser&atilde;o identificados pela nova tecnologia mais de 7,7 milh&otilde;es de eleitores, de 299 munic&iacute;pios de 24 estados do pa&iacute;s. As elei&ccedil;&otilde;es municipais deste ano v&atilde;o contar com 501.923 urnas eletr&ocirc;nicas, distribu&iacute;das entre todos os TREs do pa&iacute;s e v&atilde;o registrar os votos de mais de 138,5 milh&otilde;es de eleitores. S&oacute; n&atilde;o v&atilde;o votar este ano os eleitores do Distrito Federal, de Fernando de Noronha (PE) e os que residem no exterior.</p> <p> <em>Edi&ccedil;&atilde;o: Lana Cristina</em><br /> &nbsp;</p> Colégio de Presidentes dos TREs eleições municipais equipamentos leitor biométrico lixo tecnológico modernização Política TSE urnas eletrônicas Wed, 29 Aug 2012 19:14:21 +0000 lana 702150 at http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil