laticícios http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/taxonomy/term/120531/all pt-br O leite foi atração principal do café da manhã de graça no centro do Rio http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/noticia/2011-06-01/leite-foi-atracao-principal-do-cafe-da-manha-de-graca-no-centro-do-rio <p> <em>Da Ag&ecirc;ncia Brasil</em></p> <p> Rio de Janeiro &ndash; Quem passou de manh&atilde; pela Cinel&acirc;ndia, no centro do Rio, pode desfrutar de um caf&eacute; da manh&atilde; gr&aacute;tis. Em uma tenda montada na pra&ccedil;a, foram servidos leite, frutas, queijos, bolos e p&atilde;es. O caf&eacute; da manh&atilde; coletivo marcou as comemora&ccedil;&otilde;es do Dia Mundial do Leite, celebrado hoje (1&ordm;), e foi patrocinado pelo Sindicato de Latic&iacute;nios do estado (Sindlat) e pela Federa&ccedil;&atilde;o das Ind&uacute;strias do Rio de Janeiro (Firjan).</p> <p> As pessoas tamb&eacute;m puderam fazer exames de press&atilde;o arterial e receber dicas de nutricionistas sobre alimenta&ccedil;&atilde;o saud&aacute;vel e a import&acirc;ncia do consumo de leite. A desempregada Iraci de Amorim, de 60 anos, aproveitou a iniciativa. &ldquo;N&atilde;o custa nada tomar leite. Leite faz bem &agrave; sa&uacute;de. Se fosse mais barato eu comprava mais. O leite j&aacute; esteve mais barato, hoje est&aacute; caro&rdquo;, reclamou.</p> <p> A funcion&aacute;ria p&uacute;blica Maria Helena Feliciano, de 58 anos, ressaltou que o leite faz parte do card&aacute;pio di&aacute;rio da fam&iacute;lia. &ldquo;Eu tenho artrose e tomo leite desnatado. Eu gosto muito e tenho que tomar bastante leite. O m&eacute;dico recomendou, &eacute; bom para os ossos e para o intestino. Eu tomo leite puro de manh&atilde; todo dia e, &agrave; noite, tomo um copinho morno para dormir&rdquo;.</p> <p> O economista da Funda&ccedil;&atilde;o Getulio Vargas Andr&eacute; Braz disse que o pre&ccedil;o do leite &eacute; influenciado por fatores clim&aacute;ticos. &ldquo;O inverno come&ccedil;a e, com a seca, o volume de capta&ccedil;&atilde;o de leite diminui. Nos &uacute;ltimos dois meses, o pre&ccedil;o do leite subiu mais de 3%. Por&eacute;m, a taxa acumulada dos &uacute;ltimos 12 meses, de junho de 2010 at&eacute; maio de 2011, ficou em apenas 1,74%&rdquo;.</p> <p> Segundo o Sindlat, o sul fluminense &eacute; o maior produtor de leite do estado, sendo o munic&iacute;pio de Valen&ccedil;a o campe&atilde;o de produ&ccedil;&atilde;o. O estado do Rio n&atilde;o &eacute; considerado um grande produtor de leite. Por ano, s&atilde;o produzidos 600 milh&otilde;es de litros, que representam apenas 25% do consumo do estado.</p> <p> <em>Edi&ccedil;&atilde;o: Vinicius Doria</em></p> Economia fgv Firjan laticícios leite Sindlat Wed, 01 Jun 2011 18:41:02 +0000 vinicius.doria 671761 at http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil