Miriam Belchior diz que metrô de Porto Alegre tem projeto adiantado

16/02/2011 - 18h06

Stênio Ribeiro
Repórter da Agência Brasil

Brasília – A ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior, disse hoje (16) que Porto Alegre “leva vantagem” sobre os projetos das demais cidades no PAC Mobilidade Grandes Cidades, programa apresentado pelo governo com orçamento de R$ 18 bilhões que serve para melhorar a infraestrutura de transporte público das 24 maiores aglomerações urbanas do país.

Segundo a ministra, o projeto básico para construção do metrô de Porto Alegre já está pronto e a prefeitura está apenas aperfeiçoando a proposta. Além disso, a capital gaúcha atende aos critérios para seleção de projetos. Dentre eles, o fato de ser sede de jogos da Copa do Mundo em 2014.

No entanto, ela adiantou que qualquer decisão sobre projetos do Programa de Aceleração de Crescimento (PAC) só será tomada em julho.

Perguntado a respeito, o prefeito de Porto Alegre, José Fortunatti, disse que saía do Ministério do Planejamento otimista com a sinalização positiva da ministra, uma vez que o metrô de Porto Alegre “se enquadra totalmente” nos critérios exigidos pelo PAC Mobilidade.

Segundo Fortunatti, a prefeitura de Porto Alegre desenvolve o projeto básico há mais de um ano, bem como na modelagem financeira para viabilizar a obra, que terá 15 quilômetros em sua fase inicial e está orçada em R$ 2,3 bilhões, com prazo de entrega no primeiro semestre de 2014.

Fortunatti disse que vai negociar o financiamento de R$ 1,5 bilhão com a União e R$ 800 milhões com a iniciativa privada. Afirmou também que “a prefeitura não vai oferecer subsídios para atrair empresários”.
 

 

Edição: Rivadavia Severo