Lixão Zero http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/agenciabrasil/taxonomy/term/158823/all pt-br Secretaria do Ambiente fecha lixão na região metropolitana do Rio http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/agenciabrasil/noticia/2013-04-09/secretaria-do-ambiente-fecha-lixao-na-regiao-metropolitana-do-rio <p> <em>Da Ag&ecirc;ncia Brasil</em></p> <p> Rio de Janeiro &ndash; Agentes da Secretaria de Estado do Ambiente (SEA) fecharam hoje (9) mais um lix&atilde;o na cidade, desta vez em Rio Bonito, na regi&atilde;o metropolitana. Aproximadamente 50 toneladas de res&iacute;duos que eram depositados no lix&atilde;o, criado em 1997, ser&atilde;o removidos para o aterro sanit&aacute;rio de Itabora&iacute;. A a&ccedil;&atilde;o faz parte do Programa Lix&atilde;o Zero e teve o apoio da Prefeitura Municipal de Rio Bonito e do Instituto Nacional do Ambiente (Inea).</p> <p> O Lix&atilde;o Zero, coordenado pela SEA, &eacute; o principal programa do Pacto pelo Saneamento e do Plano Guanabara Limpa, destinado a erradicar os lix&otilde;es da cidade. Segundo a coordenadora interina do programa, Maria Jos&eacute; Saroldi, o programa faz parte do Pacto pelo Saneamento, que estabelece como metas do Governo do Estado do Rio de Janeiro, a erradica&ccedil;&atilde;o dos lix&otilde;es dos munic&iacute;pios fluminenses at&eacute; 2014, e a remedia&ccedil;&atilde;o [corre&ccedil;&atilde;o de problemas], at&eacute; 2016, das &aacute;reas dos vazadouros desativados&rdquo;.</p> <p> De acordo com a coordenadora, existem ainda 17 lix&otilde;es em aberto no estado e 45 deles j&aacute; foram desativados pela opera&ccedil;&atilde;o, o que resulta em 96% dos res&iacute;duos s&oacute;lidos do Rio de Janeiro destinados aos aterros. No caso dos catadores de lixo que atuavam nesses locais, o Programa Coleta Seletiva Solid&aacute;ria prev&ecirc; a inclus&atilde;o socioprodutiva dessas pessoas. O programa &eacute; uma parceria da secretaria com o Inea.<br /> &ldquo;O programa [Coleta Seletiva Solid&aacute;ria] tem como objetivo incentivar o desenvolvimento de pol&iacute;ticas p&uacute;blicas municipais para a gest&atilde;o integrada dos res&iacute;duos s&oacute;lidos, a inclus&atilde;o dos catadores e a educa&ccedil;&atilde;o ambiental&rdquo;.<br /> A assessoria da secretaria informou que o programa tem sido importante para melhorar a qualidade da &aacute;gua da Ba&iacute;a de Guanabara, refor&ccedil;ando as iniciativas do governo estadual, de modo a atingir 80% at&eacute; 2016. Segundo Maria Jos&eacute; Saroldi, o programa conseguiu seu maior avan&ccedil;o em 2012,com a erradica&ccedil;&atilde;o de lix&otilde;es dos 15 munic&iacute;pios que ficam no entorno da Ba&iacute;a de Guanabara.</p> <p> <em>Edi&ccedil;&atilde;o: Tereza Barbosa</em></p> <p> <em>Todo o conte&uacute;do deste site est&aacute; publicado sob a Licen&ccedil;a Creative Commons Atribui&ccedil;&atilde;o 3.0 Brasil. Para reproduzir as mat&eacute;rias &eacute; necess&aacute;rio apenas dar cr&eacute;dito &agrave; <strong>Ag&ecirc;ncia Brasil</strong></em></p> Baía de Guanabara Instituto Nacional do Ambiente lixão Lixão Zero Nacional secretaria de estado do ambiente Tue, 09 Apr 2013 16:03:18 +0000 tbarbosa 717940 at http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/agenciabrasil