pleno emprego em 2013 http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/agenciabrasil/taxonomy/term/150506/all pt-br Brasil continuará com pleno emprego em 2013, diz ministro do Trabalho http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/agenciabrasil/noticia/2012-12-29/brasil-continuara-com-pleno-emprego-em-2013-diz-ministro-do-trabalho <p> <img alt="" src="http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/sites/_agenciabrasil/files/imagecache/300x225/gallery_assist/25/gallery_assist701214/prev/AgenciaBrasil160812DSC_4668.JPG" style="width: 300px; height: 225px; margin: 8px; float: right;" />Vladimir Platonow<br /> <em>Rep&oacute;rter da Ag&ecirc;ncia Brasil</em></p> <p> Rio de Janeiro &ndash; O emprego continuar&aacute; em alta no Brasil em 2013 com a perspectiva positiva do cen&aacute;rio econ&ocirc;mico, que dever&aacute; ter crescimento no Produto Interno Bruto (PIB) maior do que o registrado em 2012. A avalia&ccedil;&atilde;o foi feita hoje (29) pelo ministro do Trabalho e Emprego, Brizola Neto, que aposta na manuten&ccedil;&atilde;o das baixas taxas de desemprego do pa&iacute;s, cuja m&eacute;dia de janeiro a novembro de 2012 <a href="http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2012-12-21/taxa-media-de-desemprego-este-ano-e-56" target="_blank">alcan&ccedil;ou 5,6%</a>, segundo pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estat&iacute;stica (IBGE).</p> <p> &ldquo;A perspectiva que se abre &eacute; a melhor, at&eacute; porque n&oacute;s tivemos um ano, do ponto de vista econ&ocirc;mico, que n&atilde;o foi dos melhores, mas conseguimos manter a taxa de desemprego em n&iacute;veis que nunca t&iacute;nhamos visto na hist&oacute;ria do pa&iacute;s. Nas regi&otilde;es metropolitanas tivemos &iacute;ndices de pleno emprego, apesar da intensa crise internacional. A expectativa &eacute; que se consiga aquecer ainda mais o mercado de trabalho, atingindo o pleno emprego tamb&eacute;m no resto do pa&iacute;s&rdquo;, disse o ministro.</p> <p> Brizola Neto reconheceu que a crise global afetou com mais for&ccedil;a a ind&uacute;stria nacional, mas disse que informa&ccedil;&otilde;es preliminares apontam para uma retomada no crescimento. &ldquo;Esses dois &uacute;ltimos anos foram duros para a ind&uacute;stria, mas os indicadores do &uacute;ltimo trimestre s&atilde;o alentadores, mostrando que a economia j&aacute; come&ccedil;a a girar em torno de 3%, o que &eacute; animador para o pr&oacute;ximo ano. O aquecimento vai demandar m&atilde;o de obra e por isso &eacute; importante garantir qualifica&ccedil;&atilde;o aos trabalhadores e competitividade &agrave; economia, agregando conhecimento, tecnologia e inova&ccedil;&atilde;o&rdquo;, declarou.</p> <p> O ministro falou &agrave; imprensa ao chegar para o vel&oacute;rio do pai, <a href="http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2012-12-28/morre-ex-deputado-jose-vicente-brizola" target="_blank">Jos&eacute; Vicente Goulart Brizola, falecido ontem (28) aos 61 anos</a>. Ex-deputado federal, era filho do ex-governador Leonel Brizola. A deputada estadual do Rio Grande do Sul Juliana Brizola (PDT), filha de Jos&eacute; Vicente, esteve no vel&oacute;rio e ressaltou o lado art&iacute;stico do pai, que era m&uacute;sico e acabou entrando na pol&iacute;tica por influ&ecirc;ncia da fam&iacute;lia. &ldquo;Meu pai nasceu em uma fam&iacute;lia de pol&iacute;ticos, mas na verdade era m&uacute;sico. Essa era a grande paix&atilde;o da vida dele&rdquo;, disse Juliana.</p> <p> O vereador do Rio Leonel Brizola Neto (PDT) ressaltou que o pai sofreu muito durante o per&iacute;odo da ditadura militar, quando o av&ocirc; Leonel Brizola foi obrigado a se exilar, para escapar da persegui&ccedil;&atilde;o dos militares que tomaram o poder no pa&iacute;s. &ldquo;Meu pai sofreu as agruras de uma ditadura militar dur&iacute;ssima, que machucou muito a fam&iacute;lia. Ele viu toda a persegui&ccedil;&atilde;o ao pai dele, que n&atilde;o podia voltar ao pr&oacute;prio pa&iacute;s, o que deixou cicatrizes para a sempre&rdquo;, destacou o vereador.</p> <p> O corpo do ex-deputado Jos&eacute; Vicente ser&aacute; cremado e as cinzas levadas para o mausol&eacute;u da fam&iacute;lia Goulart, em S&atilde;o Borja (RS), onde tamb&eacute;m est&atilde;o sepultados o ex-presidente Jo&atilde;o Goulart e o ex-governador Leonel Brizola. Entre as in&uacute;meras coroas de flores colocadas &agrave; entrada do vel&oacute;rio, estava uma enviada pela presidenta Dilma Rousseff.</p> <p> <em>Edi&ccedil;&atilde;o: Davi Oliveira</em></p> Economia estimativa de emprego para 2013 Ministério do Trabalho perspectiva para 2013 pleno emprego em 2013 taxa de desemprego Sat, 29 Dec 2012 17:38:09 +0000 davi.oliveira 710971 at http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/agenciabrasil