Quem é a Ouvidora

Regina Lúcia Alves de Lima é jornalista e professora, graduada pela Universidade Federal do Pará-UFPA em Comunicação Social, com habilitações em Jornalismo e Propaganda e Publicidade, e especialização em Teoria e Metodologia da Comunicação (UFPA), Mestrado e Doutorado em Comunicação e Cultura  pela Universidade Federal do Rio de Janeiro-UFRJ.

Professora Adjunta da Faculdade de Comunicação da UFPA, Regina Lima está atualmente licenciada para assumir as funções da Ouvidora da EBC. Como experiência em gestão, exerceu os cargos de presidente da Fundação Paraense de Radiodifusão (FUNTELPA), presidente da Associação Brasileira das Emissoras Públicas, Educativas e Culturais (ABEPEC), e a chefia de departamento do Curso de Comunicação Social da UFPA.

Como pesquisadora na área de Comunicação, desenvolveu projetos como Análise de Conteúdos Audiovisuais Midiáticos na Amazônia (UFPA); Laboratório de Mídia e Política (UFPA); Banco Multidocumental para Pesquisa em Mídia e Eleição (UFPA); Avaliação da Produção e Recepção do Canal Saúde da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz-RJ).

Publicou as obras Vozes em Cena: análises das estratégias discursivas da mídia sobre os escândalos políticos (2010); 60 anos de Televisão Aberta no Brasil (2010), e organizou a publicação Fundação de Telecomunicações do Pará: 30 anos Construindo a História da Comunicação Pública na Amazônia (2007).

Iniciou a carreira no Jornalismo na Rádio Cultura do Pará. Atualmente, ministra a disciplina Análises de Objetos Culturais e Midiáticos no curso de Pós-graduação em Comunicação, Cultura e Amazônia, da Faculdade de Comunicação da Universidade Federal do Pará.

 

Ouvidores-Adjuntos


Joseti Marques

Jornalista e professora universitária, Joseti Marques é mestre e doutora em Comunicação e Cultura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro-UFRJ. Autora do livro Análise do Discurso, sobre publicidade e jornalismo, defendeu, em 2005, a tese de doutorado A Imprensa na Construção da Identidade Racial no Brasil – uma análise do discurso jornalístico. Atuou nos principais veículos de imprensa do Rio de Janeiro – impressos, rádio e TV – tendo sido eleita, em 2004, para a Diretoria de Jornalismo da Associação Brasileira de Imprensa-ABI. Representou a ABI junto à Federação Nacional dos Jornalistas-Fenaj na comissão de revisão do Código de Ética dos Jornalistas.

 

Carolina Farah

Advogada formada em Direito pelo Centro Universitário de Brasília – UniCEUB e pós graduada em Direito Público pelo Centro de Estudos Jurídicos Fortium. Trabalhou no Supremo Tribunal Federal – STF na Coordenadoria de Processos Originais, no Banco Central do Brasil na Procuradoria da Área de Politica Monetária Internacional e na Câmara dos Deputados na Coordenação de Relações Públicas a frente do Serviço de Atendimento ao Público. E desde 2009 na assessoria técnica da Ouvidoria da EBC.