Cidade do Rio de Janeiro inaugura delegacia do idoso

15/06/2010 - 16h27

Isabela Vieira

Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro- Idosos vítimas de violência contam a partir de hoje (15) com uma delegacia especializada no atendimento à terceira idade. A unidade foi instalada em Copacabana, zona sul, na Rua Figueiredo Magalhães, próxima ao metrô Siqueira Campos.

O local dispõe de um ambiente reservado a vítimas de violência que precisem ficar de repouso. Tem elevador e atendentes especializados na área de serviço social e psicologia.

A aposentada Maria Salomé Dantas, 73 anos, disse que está otimista com a delegacia perto de onde mora. "Vamos ver no que vai dar, porque nem sempre uma coisa boa funciona bem. Mas estou achando bom ter uma delegacia dessas aqui perto de mim, se eu precisar..."

Durante a inauguração da unidade, o governador Sérgio Cabral prestou homenagem ao pai, que mora em Copacabana. Lembrou que o bairro possui a maior proporção de idosos na capital fluminense e destacou o papel da nova delegacia.

"Grande parte da demanda do idoso é por causa de maus tratos, abandono, às vezes familiares que usufruem da receita da aposentadoria, vizinhos. Essa delegacia é para isso. Terá uma papel de assistência social muito grande e, claro, trabalho investigativo."

Cerca de R$ 1,4 milhão foram investidos na construção do prédio, que oferece espaço para investigação preliminar e de seguimento, duas salas de custódia, copa, banheiros públicos, sala de repouso e de atendimento social.

A expectativa é melhorar o atendimento ao idoso. Antes, a delegacia especializada funcionava em espaço improvisado, na estação de metrô Siqueira Campos, depois de atender na Central do Brasil, no centro da cidade.

 

 

Edição: Lílian Beraldo