Winnie Mandela é condenada a cinco anos de prisão

25/04/2003 - 11h15

Pretória(África do Sul),25/04/2003(Agência Brasil-ABr/CNN) -- Ao término de um julgamento que se estendeu por nove meses, a ex-primeira-dama sul-africana Winnie Madikizela-Mandela foi condenada, nesta sexta-feira, a cinco anos de prisão, por crimes de fraude e roubo.

Na véspera, Winnie e seu secretário particular, Addy Moolman, haviam sido considerados culpados em 43 das 58 acusações de fraude e em todas as 25 de roubo pelas quais respondiam em virtude de um escândalo de empréstimos bancários que nunca foram honrados.

Logo após tomar conhecimento de sua sentença, Winne, de 64 anos, divulgou um comunicado informando sua renúncia aos postos ocupados no Congresso Nacional Africano, partido ao qual, entretanto permanecerá filiada.

Winnie Mandela tornou-se uma heroína mundial da luta contra a segregação racial ao resistir ao regime sul-africano enquanto o marido, Nelson Mandela, passava 27 anos na prisão.