Companhia Energética de Pernambuco http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/taxonomy/term/135743/all pt-br Pernambuco quer abastecer totalmente Fernando de Noronha com energias renováveis em até cinco anos http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/noticia/2012-06-17/pernambuco-quer-abastecer-totalmente-fernando-de-noronha-com-energias-renovaveis-em-ate-cinco-anos <p> Vitor Abdala<br /> <em>Rep&oacute;rter da Ag&ecirc;ncia Brasil<br /> </em><br /> Rio de Janeiro &ndash; Conhecido internacionalmente como um dos mais bonitos destinos de ecoturismo do Brasil, o Arquip&eacute;lago de Fernando de Noronha, localizado no meio do Oceano Atl&acirc;ntico, pode passar a ser abastecido somente com energias renov&aacute;veis no prazo de at&eacute; cinco anos. Essa &eacute; a meta do governo de Pernambuco, segundo o secret&aacute;rio estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade, S&eacute;rgio Xavier, que participa da Confer&ecirc;ncia das Na&ccedil;&otilde;es Unidas sobre Desenvolvimento Sustent&aacute;vel (Rio+20).</p> <p> Segundo Xavier, atualmente quase toda a energia el&eacute;trica usada em Fernando de Noronha &eacute; fornecida pela Usina Termel&eacute;trica Tubar&atilde;o, abastecida por combust&iacute;veis f&oacute;sseis. Mas, desde o ano passado, o governo pernambucano tem buscado parcerias com empresas da &aacute;rea de energia, como a Companhia Energ&eacute;tica de Pernambuco (Celpe), dona da &uacute;nica usina da ilha, e a Companhia Hidrel&eacute;trica do S&atilde;o Francisco (Chesf), para criar um parque e&oacute;lico e instalar placas de gera&ccedil;&atilde;o de energia solar onde for poss&iacute;vel.</p> <p> A Celpe, por exemplo, j&aacute; anunciou no final de 2011 que instalaria pain&eacute;is solares em pousadas de Fernando de Noronha. Apenas com essa a&ccedil;&atilde;o, a estimativa &eacute; reduzir em 15% a demanda por energia da usina termel&eacute;trica. Para complementar o sistema, tamb&eacute;m existe a possibilidade de gerar energia a partir das ondas e mar&eacute;s e do lixo produzido na ilha.</p> <p> &ldquo;Esperamos implementar essas mudan&ccedil;as no menor espa&ccedil;o de tempo poss&iacute;vel para tornar Noronha um modelo para todo o Brasil&rdquo;, disse Xavier.</p> <p> A ideia &eacute; tamb&eacute;m estimular o uso de carros movidos a combust&iacute;veis renov&aacute;veis na ilha. Segundo Xavier, existem propostas de montadoras (para se estabelecerem em Pernambuco) que j&aacute; mostraram interesse em fabricar ve&iacute;culos movidos &agrave; energia el&eacute;trica e que poder&atilde;o ser usados pelos moradores de Fernando de Noronha.</p> <p> <em>Edi&ccedil;&atilde;o: Andr&eacute;a Quintiere</em></p> <p> Acompanhe a <a href="http://www.rio20.ebc.com.br" rel="nofollow">cobertura multim&iacute;dia</a> da <strong>Empresa Brasil de Comunica&ccedil;&atilde;o (EBC)</strong> na Rio+20.</p> Celp Chesf Companhia Energética de Pernambuco Companhia Hidrelétrica do São Francisco Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável Energia renovável energia solar Fernando de Noronha Oceano Atlântico Pernambuco Rio+20 Usina Termelétrica Tubarão Sun, 17 Jun 2012 19:01:28 +0000 aquintiere 697254 at http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil