reciprocidade http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/agenciabrasil/taxonomy/term/121212/all pt-br Brasil afasta possibilidade de impedir entrada de britânicos no país http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/agenciabrasil/noticia/2013-08-20/brasil-afasta-possibilidade-de-impedir-entrada-de-britanicos-no-pais <p>Renata Giraldi<br /> <em>Rep&oacute;rter da Ag&ecirc;ncia Brasil</em></p> <p> Bras&iacute;lia &ndash; O governo brasileiro desconsidera a possibilidade de adotar medidas de reciprocidade consular em rela&ccedil;&atilde;o ao Reino Unido em reposta &agrave; deten&ccedil;&atilde;o, h&aacute; dois dias, no Aeroporto Heathrow, em Londres (Reino Unido), do brasileiro David Miranda. A hip&oacute;tese n&atilde;o &eacute; avaliada porque o caso de Miranda &eacute; isolado. O brasileiro &eacute; companheiro do jornalista do di&aacute;rio ingl&ecirc;s <em>The Guardian</em>, Glenn Greenwald, que divulgou informa&ccedil;&otilde;es sobre o esquema de espionagem do governo norte-americano. O assunto &eacute; tratado pelas autoridades como tema pol&iacute;tico e n&atilde;o t&eacute;cnico-consular. Para o governo brasileiro, houve viola&ccedil;&atilde;o de direitos humanos.</p> <p> No ano passado, o governo do Brasil exigiu da Espanha um tratamento respeitoso aos cidad&atilde;os brasileiros que viajam para cidades espanholas. Na ocasi&atilde;o, houve relatos de discrimina&ccedil;&atilde;o e maus-tratos a brasileiros. O Brasil adotou a chamada reciprocidade, aumentando o rigor na entrada de &nbsp;espanh&oacute;is em territ&oacute;rio brasileiro. Mas, na ocasi&atilde;o, os especialistas avaliaram que a situa&ccedil;&atilde;o era, sobretudo, t&eacute;cnica, pois ocorria com frequ&ecirc;ncia e de forma sistem&aacute;tica.</p> <p> Por&eacute;m, no caso de Miranda a &aacute;rea consular do governo interpreta de forma diferenciada. O caso do brasileiro, retido por quase nove horas, &eacute; considerado grave e fora do perfil. Em geral, segundo especialistas, brasileiros ficam detidos por problemas migrat&oacute;rios. N&atilde;o h&aacute; registros de dificuldades causadas por suspeitas de terrorismo.</p> <p> A reten&ccedil;&atilde;o de Miranda foi recebida com surpresa pelos especialistas em &aacute;rea consular do governo, pois n&atilde;o h&aacute; registros de situa&ccedil;&otilde;es parecidas de deten&ccedil;&atilde;o de brasileiros por suspeitas de envolvimento com terrorismo no Reino Unido. O brasileiro foi retido anteontem (18) sob a Cl&aacute;usula 7 da lei antiterrorismo.</p> <p> A Cl&aacute;usula 7 permite &agrave; pol&iacute;cia brit&acirc;nica deter qualquer pessoa na fronteira do Reino Unido, sem a exig&ecirc;ncia de apresentar uma causa prov&aacute;vel, e mant&ecirc;-la por at&eacute; nove horas, sem justificativa adicional. O detido deve responder a todas as perguntas, mesmo sem advogado presente. &Eacute; considerada crime a recusa em responder &agrave;s perguntas - independentemente dos motivos - ou n&atilde;o cooperar plenamente com a pol&iacute;cia.</p> <p> Ontem (19), entretanto, o ministro das Rela&ccedil;&otilde;es Exteriores, Antonio Patriota, conversou por cerca de dez minutos, por telefone, com o chanceler brit&acirc;nico, William Hague, cobrando explica&ccedil;&otilde;es sobre a reten&ccedil;&atilde;o. Patriota mencionou que a medida causou indigna&ccedil;&atilde;o tanto da opini&atilde;o p&uacute;blica quanto do governo. Ele reiterou que a reten&ccedil;&atilde;o &eacute; injustific&aacute;vel.</p> <p> <em>Edi&ccedil;&atilde;o: Gra&ccedil;a Adjuto</em></p> <p> <em>Todo o conte&uacute;do deste site est&aacute; publicado sob a Licen&ccedil;a Creative Commons Atribui&ccedil;&atilde;o 3.0 Brasil. Para reproduzir o material &eacute; necess&aacute;rio apenas dar cr&eacute;dito &agrave; </em><strong><em>Ag&ecirc;ncia Brasil</em></strong></p> aeroporto brasileiro Internacional Londres medida reciprocidade retenção Tue, 20 Aug 2013 16:16:24 +0000 gracaadjuto 728493 at http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/agenciabrasil Presidente da Embratur diz que exigência de visto para turistas norte-americanos é “desastrosa” http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/agenciabrasil/noticia/2013-05-22/presidente-da-embratur-diz-que-exigencia-de-visto-para-turistas-norte-americanos-e-%E2%80%9Cdesastrosa%E2%80%9D <p>Karine Melo<br /> <em>Rep&oacute;rter da Ag&ecirc;ncia Brasil</em></p> <p>Bras&iacute;lia - O presidente da Embratur, Fl&aacute;vio Dino, defendeu a facilita&ccedil;&atilde;o da entrada de estrangeiros no pa&iacute;s e considerou &ldquo;desastrosa&rdquo; a exig&ecirc;ncia de visto para cidad&atilde;os norte-americanos entrarem no Brasil. Segundo ele, Estados Unidos e Argentina s&atilde;o os maiores emissores de turistas para o pa&iacute;s. Em 2012, 5,7 milh&otilde;es de turistas estrangeiros visitaram o Brasil, crescimento de 4,5%, em rela&ccedil;&atilde;o ao ano anterior, segundo ele.</p> <p>Durante audi&ecirc;ncia p&uacute;blica na Comiss&atilde;o de Desenvolvimento Regional do Senado, nesta quarta-feira (22), Dino disse ainda que a vinda de argentinos diminuiu significativamente em raz&atilde;o de medidas fiscais e tribut&aacute;rias adotadas pela presidenta Cristina Kirchner que aumentam a tributa&ccedil;&atilde;o de viagens internacionais.</p> <p>No caso de cidad&atilde;os norte-americanos, o presidente da Embratur ressaltou que, por ano, cerca de 600 mil visitam o Brasil e que esse n&uacute;mero tem se mantido est&aacute;vel nos &uacute;ltimos anos, enquanto mais de 1,5 milh&atilde;o de brasileiros visitam anualmente aquele pa&iacute;s. &ldquo;A exig&ecirc;ncia de visto faz com que os americanos prefiram o Caribe&rdquo;, disse.</p> <p>O Brasil adota o princ&iacute;pio da reciprocidade de tratamento nas rela&ccedil;&otilde;es internacionais, por isso mant&eacute;m a exig&ecirc;ncia de visto para cidad&atilde;os norte-americanos. No ano passado, os dois pa&iacute;ses discutiram acordo para isen&ccedil;&atilde;o de visto, <a href="http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2012-10-25/patriota-brasil-e-eua-devem-remover-barreiras-antes-de-conceder-isencao-de-visto" target="_blank">em encontro do ministro das Rela&ccedil;&otilde;es Exteriores, Ant&ocirc;nio Patriota, com a secret&aacute;ria de Estado, Hillary Clinton</a>.</p> <p><em>Edi&ccedil;&atilde;o: Davi Oliveira</em></p> <p><em>Todo o conte&uacute;do deste site est&aacute; publicado sob a Licen&ccedil;a Creative Commons Atribui&ccedil;&atilde;o 3.0 Brasil. Para reproduzir as mat&eacute;rias &eacute; necess&aacute;rio apenas dar cr&eacute;dito &agrave; Ag&ecirc;ncia Brasil</em></p> brasil Comissão de Desenvolvimento Regional debate no Senado Embratur estados unidos exigência de visto Política reciprocidade visto para norte-americanos visto para turistas Wed, 22 May 2013 15:51:53 +0000 davi.oliveira 721271 at http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/agenciabrasil Brasil e Espanha detalham requisitos mútuos para entrada nos dois países http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/agenciabrasil/noticia/2012-06-05/brasil-e-espanha-detalham-requisitos-mutuos-para-entrada-nos-dois-paises <p> Daniella Jinkings<br /> <em>Rep&oacute;rter da Ag&ecirc;ncia Brasil</em></p> <p> Bras&iacute;lia &ndash; Representantes dos governos brasileiro e espanhol decidiram detalhar os requisitos para a entrada de brasileiros na Espanha e de espanh&oacute;is no Brasil. A partir de agora, uma lista detalhada e exaustiva dos requisitos m&uacute;tuos para a entrada nos pa&iacute;ses ser&aacute; inclu&iacute;da nas p&aacute;ginas eletr&ocirc;nicas das embaixadas e consulados de ambos os pa&iacute;ses, de modo a fornecer informa&ccedil;&atilde;o clara aos viajantes. A decis&atilde;o foi fruto da reuni&atilde;o entre as duas delega&ccedil;&otilde;es, que ocorreu ontem (4), em Madri (Espanha). O comunicado conjunto de Brasil e Espanha foi divulgado hoje (5) pelo Itamaraty.</p> <p> Essa foi a primeira reuni&atilde;o desde que o Brasil passou a adotar uma s&eacute;rie de medidas, denominadas de reciprocidades, que aumentaram o rigor para a entrada de espanh&oacute;is em territ&oacute;rio brasileiro. De acordo com o Itamaraty, o principal objetivo do encontro foi a facilita&ccedil;&atilde;o rec&iacute;proca de entrada de visitantes nos dois pa&iacute;ses.</p> <p> A Espanha anunciou que vai adotar um novo regime simplificado para a carta-convite, exigida a turistas brasileiros que v&atilde;o se hospedar em casa de parentes ou amigos. Agora, deve constar apenas no documento as identidades da pessoa que convida e da pessoa convidada, al&eacute;m do local da hospedagem. Essas informa&ccedil;&otilde;es, assim como o modelo do documento, tamb&eacute;m ser&atilde;o publicadas nas p&aacute;ginas eletr&ocirc;nicas das respectivas embaixadas e consulados.</p> <p> Al&eacute;m disso, os brasileiros que viajam &agrave; Espanha tendo como destino outro pa&iacute;s do Espa&ccedil;o Schengen, zona da Uni&atilde;o Europeia de livre circula&ccedil;&atilde;o de pessoas, dever&atilde;o registrar o lugar ao qual se dirigem e a identidade da pessoa que os hospedar&aacute;, quando n&atilde;o comprovarem outro modo de hospedagem, junto com os outros requisitos de entrada.</p> <p> Tamb&eacute;m haver&aacute; um novo procedimento de comunica&ccedil;&atilde;o por linha direta entre as autoridades consulares e de fronteira nos aeroportos de ambos os pa&iacute;ses, para consulta e assist&ecirc;ncia em casos de inadmiss&atilde;o na fronteira. Os pa&iacute;ses tamb&eacute;m concordaram em entregar a bagagem pessoal de viajantes inadmitidos quando sua perman&ecirc;ncia na referida zona for superior a 24 horas ou em casos de extrema necessidade.</p> <p> As medidas de reciprocidades, que come&ccedil;aram a ser adotadas no in&iacute;cio de abril, foram colocadas em pr&aacute;tica depois do relato de brasileiros que se queixavam das humilha&ccedil;&otilde;es e de discrimina&ccedil;&atilde;o ao tentar entrar em territ&oacute;rio espanhol.</p> <p> Pelas regras em vigor, os espanh&oacute;is que quiserem entrar no Brasil ter&atilde;o de estar com o passaporte v&aacute;lido por, no m&iacute;nimo, seis meses. Tamb&eacute;m ser&atilde;o exigidos os comprovantes de passagens de ida e volta, com data marcada. Ele deve ainda comprovar que tem condi&ccedil;&otilde;es financeiras para arcar com at&eacute; R$ 170 de despesas, por dia, em territ&oacute;rio brasileiro.</p> <p> O espanhol que for se hospedar em hotel dever&aacute; apresentar o documento de reserva. Caso venha a se hospedar na casa de amigos ou parentes, ter&aacute; de apresentar uma carta-convite. O documento deve conter a assinatura do respons&aacute;vel, autentica&ccedil;&atilde;o em cart&oacute;rio e um comprovante de resid&ecirc;ncia dessa pessoa.</p> <p> Desde 2007, cerca de 11 mil brasileiros foram barrados ao tentar entrar na Espanha, n&uacute;mero considerado elevado pelas autoridades brasileiras. Mas h&aacute; sinais de que esse n&uacute;mero vem caindo ao longo dos anos. Em 2007, 3.013 brasileiros n&atilde;o foram admitidos. Em 2011, 1.402 brasileiros tiveram que retornar ao Brasil impedidos de entrar na Espanha.</p> <p> <em>Edi&ccedil;&atilde;o: F&aacute;bio Massalli</em></p> brasil carta-convite consulado embaixada Espanha espanhóis Internacional itamaraty Nacional países preconceito reciprocidade Relações Exteriores turismo turistas viagem visitantes Tue, 05 Jun 2012 21:38:12 +0000 fabio.massalli 696470 at http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/agenciabrasil Autoridades brasileiras e espanholas negociam possibilidade de mudar medidas de imigração http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/agenciabrasil/noticia/2012-06-04/autoridades-brasileiras-e-espanholas-negociam-possibilidade-de-mudar-medidas-de-imigracao <p> Renata Giraldi<br /> <em>Rep&oacute;rter da Ag&ecirc;ncia Brasil</em></p> <p> Bras&iacute;lia &ndash; Autoridades brasileiras e espanholas se re&uacute;nem hoje (4), em Madri, capital da Espanha, para tentar negociar um acordo que encerre o impasse envolvendo imigrantes e turistas dos dois pa&iacute;ses. Nos &uacute;ltimos dois meses, as tens&otilde;es cresceram depois que o governo do Brasil adotou as chamadas medidas de reciprocidade, aumentando o rigor para o ingresso de espanh&oacute;is em territ&oacute;rio brasileiro. A iniciativa s&oacute; ocorreu porque brasileiros reclamam de discrimina&ccedil;&atilde;o na Espanha.</p> <p> O Minist&eacute;rio das Rela&ccedil;&otilde;es Exteriores enviou &agrave; ministra Maria Luiza Lopes da Silva, diretora da Divis&atilde;o de Pol&iacute;ticas Consulares e de Brasileiros no Exterior, para conduzir a reuni&atilde;o. O Itamaraty tem uma esp&eacute;cie de arquivo, que re&uacute;ne depoimentos de brasileiros sobre o &nbsp;tratamento considerado inadequado por parte de autoridades espanholas, quando chegam &agrave; Espanha.</p> <p> H&aacute; cerca de tr&ecirc;s semanas, o ministro das Rela&ccedil;&otilde;es Exteriores da Espanha, Jos&eacute; Manuel Garc&iacute;a-Margallo, esteve em Bras&iacute;lia e indicou que h&aacute; disposi&ccedil;&atilde;o do governo espanhol de mudar o tratamento dispensado aos brasileiros. Para as autoridades brasileiras, a disposi&ccedil;&atilde;o foi demonstrada apenas depois de adotadas as medidas de reciprocidade em rela&ccedil;&atilde;o aos espanh&oacute;is.</p> <p> Desde 2007, cerca de 11 mil brasileiros foram barrados ao tentar entrar na Espanha, n&uacute;mero considerado elevado pelas autoridades brasileiras. Mas h&aacute; sinais de que esse n&uacute;mero vem caindo ao longo dos anos. Em 2007, 3.013 brasileiros n&atilde;o foram admitidos. Em 2011, 1.402 brasileiros tiveram que retornar ao Brasil impedidos de entrar na Espanha.</p> <p> O n&uacute;mero que n&atilde;o diminui, no entanto, de acordo com o Itamaraty, &eacute; o de queixas dos brasileiros em rela&ccedil;&atilde;o ao tratamento recebido das autoridades espanholas. Na Espanha, houve casos de cidad&atilde;os brasileiros que ficaram at&eacute; tr&ecirc;s dias detidos no aeroporto.</p> <p> Para espanh&oacute;is que queiram ingressar no Brasil, as exig&ecirc;ncias s&atilde;o, entre outras, a apresenta&ccedil;&atilde;o do bilhete da passagem de volta marcado, que o interessado tenha no m&iacute;nimo o equivalente a R$ 170 di&aacute;rios para garantir sua perman&ecirc;ncia no pa&iacute;s, a apresenta&ccedil;&atilde;o de passaporte com pelo menos seis meses de validade, reservas confirmadas em hot&eacute;is ou, no caso de quem se hospeda em casa de amigos ou parentes, uma carta-convite registrada em cart&oacute;rio.</p> <p> <em>Edi&ccedil;&atilde;o: Gra&ccedil;a Adjuto</em></p> acordos autoridades brasil brasileiros discriminação Espanha espanhóis imigrantes impasse Internacional Madri medidas migração reciprocidade reunião tensões turistas Mon, 04 Jun 2012 10:41:47 +0000 gracaadjuto 696329 at http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/agenciabrasil No Brasil, rei Juan Carlos I fará discurso em português na tentativa de desfazer mal-estar entre espanhóis e brasileiros http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/agenciabrasil/noticia/2012-06-01/no-brasil-rei-juan-carlos-i-fara-discurso-em-portugues-na-tentativa-de-desfazer-mal-estar-entre-espan <p> Renata Giraldi<br /> <em>Rep&oacute;rter da Ag&ecirc;ncia Brasil </em></p> <p> <br /> Bras&iacute;lia &ndash; O rei Juan Carlos I, da Espanha, desembarca em Bras&iacute;lia no pr&oacute;ximo domingo (3), &agrave;s 19 horas, e fica na cidade at&eacute; segunda-feira (4), em seguida ele vai para o Chile. No Brasil, o rei se re&uacute;ne com a presidenta Dilma Rousseff e parte da equipe ministerial. Disposto a desfazer o mal-estar causado pelas quest&otilde;es migrat&oacute;rias entre Brasil e Espanha, o rei Juan Carlos discursar&aacute; em portugu&ecirc;s e em espanhol na pr&oacute;xima segunda.</p> <p> &Eacute; a primeira viagem do rei ao exterior desde que ele colocou uma pr&oacute;tese&nbsp;no quadril, ap&oacute;s um acidente durante ca&ccedil;ada na &Aacute;frica. Juan Carlos viaja acompanhado pelo chanceler Jos&eacute; Manuel Garc&iacute;a-Margallo, que esteve h&aacute; pouco mais de duas semanas em Bras&iacute;lia, e mais um grupo de empres&aacute;rios espanh&oacute;is interessados em ampliar os neg&oacute;cios no Brasil.</p> <p> A Espanha &eacute; o segundo maior investidor estrangeiro no Brasil com estoque de capital superior a US$ 85 bilh&otilde;es. Em 2011, o com&eacute;rcio bilateral registrou US$ 7,97 bilh&otilde;es &ndash; o que representa aumento de 20% na compara&ccedil;&atilde;o com 2010.</p> <p> A visita de Juan Carlos ocorre no mesmo dia em que representantes dos governos brasileiro e espanhol se re&uacute;nem, em Madri, capital da Espanha, para negociar a redu&ccedil;&atilde;o das exig&ecirc;ncias feitas para a autoriza&ccedil;&atilde;o da entrada de brasileiros na Espanha e de espanh&oacute;is no Brasil.</p> <p> &Eacute; a primeira reuni&atilde;o desde que o Brasil passou a adotar, em 2 de abril deste ano, medidas mais rigorosas para o ingresso de espanh&oacute;is em territ&oacute;rio brasileiro. O governo brasileiro vai propor a institui&ccedil;&atilde;o de um procedimento de linha direta para a redu&ccedil;&atilde;o emergencial de casos duvidosos, ou seja, situa&ccedil;&otilde;es em que a decis&atilde;o foi meramente burocr&aacute;tica ou por problema com documentos do viajante.</p> <p> As medidas de reciprocidade foram colocadas em pr&aacute;tica depois dos relatos de brasileiros que se queixavam das humilha&ccedil;&otilde;es e de discrimina&ccedil;&atilde;o ao tentar entrar em territ&oacute;rio espanhol. Apesar das medidas, o subsecret&aacute;rio-geral das Comunidades Brasileiras no Exterior, embaixador Eduardo Gradilone Neto, disse que ainda h&aacute; den&uacute;ncias de maus-tratos a brasileiros na Espanha.</p> <p> Pelas regras em vigor, os espanh&oacute;is que quiserem entrar no Brasil ter&atilde;o de estar com o passaporte v&aacute;lido por, no m&iacute;nimo, seis meses. Tamb&eacute;m ser&atilde;o exigidos os comprovantes de passagens de ida e volta, com data marcada.</p> <p> O espanhol que for se hospedar em hotel dever&aacute; apresentar o documento de reserva. Caso venha a se hospedar na casa de amigos ou parentes, ter&aacute; de apresentar uma carta-convite. O documento deve conter a assinatura do respons&aacute;vel, autentica&ccedil;&atilde;o em cart&oacute;rio e um comprovante de resid&ecirc;ncia dessa pessoa.</p> <p> O &uacute;ltimo item das exig&ecirc;ncias refere-se &agrave; renda m&iacute;nima do espanhol que pretende visitar o Brasil. Ele deve comprovar que tem condi&ccedil;&otilde;es financeiras para arcar com at&eacute; R$ 170 de despesas, por dia, em territ&oacute;rio brasileiro.</p> <p> &nbsp;</p> <p> <em>Edi&ccedil;&atilde;o: L&iacute;lian Beraldo</em></p> brasil Espanha estrangeiros Internacional reciprocidade rei Juan Carlos I Fri, 01 Jun 2012 18:06:50 +0000 lilian.beraldo 696228 at http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/agenciabrasil Patriota cobra de chanceler espanhol tratamento respeitoso a brasileiros http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/agenciabrasil/noticia/2012-05-16/patriota-cobra-de-chanceler-espanhol-tratamento-respeitoso-brasileiros <p> <img alt="" src="http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/sites/_agenciabrasil/files/imagecache/200x150/gallery_assist/26/gallery_assist695060/prev/AgenciaBrasil160512DSC_1622.JPG" style="width: 200px; height: 150px; margin: 3px; float: right;" />Renata Giraldi<br /> <em>Rep&oacute;rter da Ag&ecirc;ncia Brasil</em></p> <p> Bras&iacute;lia &ndash; Os acordos bilaterais que regulam a entrada de brasileiros na Espanha e de espanh&oacute;is no Brasil podem ser revistos no dia 4 de junho, em Madri. Os ministros de Assuntos Exteriores e Coopera&ccedil;&atilde;o da Espanha, Jos&eacute; Manuel Garc&iacute;a-Margallo, e das Rela&ccedil;&otilde;es Exteriores do Brasil, Antonio Patriota, definiram hoje (16) que a situa&ccedil;&atilde;o atual deve ser reavaliada. Patriota cobrou &ldquo;tratamento correto e respeitoso&rdquo; dos espanh&oacute;is em rela&ccedil;&atilde;o aos brasileiros que tentam ingressar na Espanha.</p> <p> &ldquo;Reconhecemos a realidade, mas brasileiros que viajam para outros pa&iacute;ses n&atilde;o encontram as dificuldades que encontram na Espanha, ent&atilde;o, queremos simplesmente que o mesmo tratamento se aplique, que &eacute; o correto e respeitoso&quot;, disse Patriota ap&oacute;s reuni&atilde;o com Garc&iacute;a-Margallo. O chanceler brasileiro ressaltou ainda que sua expectativa &eacute; que &quot;haja um tratamento condizente com a amizade e a rela&ccedil;&atilde;o que existe entre os dois pa&iacute;ses&rdquo;.</p> <p> O chanceler espanhol sinalizou que as mudan&ccedil;as devem ocorrer em breve, mas n&atilde;o disse quando. &ldquo;Demos instru&ccedil;&otilde;es aos nossos assessores que na m&aacute;xima brevidade poss&iacute;vel sejam resolvidos os problemas de brasileiros entrando na Espanha e de espanh&oacute;is no Brasil&rdquo;, disse ele.</p> <p> No dia 2 de abril, o Brasil passou a adotar uma s&eacute;rie de medidas denominadas de reciprocidades que aumentaram o rigor para a entrada de espanh&oacute;is em territ&oacute;rio brasileiro. As medidas foram colocadas em pr&aacute;tica no mesmo momento em que v&aacute;rios brasileiros se queixavam das humilha&ccedil;&otilde;es e da discrimina&ccedil;&atilde;o por parte dos espanh&oacute;is em rela&ccedil;&atilde;o aos que tentavam ingressar em territ&oacute;rio espanhol.</p> <p> O Itamaraty nega que as medidas s&atilde;o uma retalia&ccedil;&atilde;o &agrave;s dificuldades impostas aos brasileiros que tentar ingressar na Espanha. A estimativa &eacute; que cerca de 158,7 mil brasileiros vivam em territ&oacute;rio espanhol. Na Europa, a comunidade brasileira chega a 900 mil.</p> <p> Pelas regras em vigor, os espanh&oacute;is que quiserem entrar no Brasil ter&atilde;o de estar com o passaporte v&aacute;lido por, no m&iacute;nimo, seis meses. Tamb&eacute;m ser&atilde;o exigidos os comprovantes de passagens de ida e volta (com data marcada).</p> <p> O espanhol que for se hospedar em hotel dever&aacute; apresentar o documento de reserva. Caso venha a se hospedar na casa de amigos ou parentes, ter&aacute; de apresentar uma carta-convite. O documento deve<br /> conter a assinatura do respons&aacute;vel, autentifica&ccedil;&atilde;o do cart&oacute;rio e um comprovante de resid&ecirc;ncia dessa pessoa.</p> <p> O &uacute;ltimo item se refere &agrave; renda m&iacute;nima do espanhol que pretende visitar o Brasil. Ele deve comprovar que tem condi&ccedil;&otilde;es financeiras para arcar com at&eacute; R$ 170 de despesas, por dia, em territ&oacute;rio brasileiro.</p> <p> <em>Edi&ccedil;&atilde;o: Vinicius Doria</em></p> diplomacia Espanha Internacional Patriota reciprocidade Relações Exteriores Wed, 16 May 2012 18:37:44 +0000 vinicius.doria 695075 at http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/agenciabrasil Desde de 2007, número de brasileiros impedidos de entrar na Espanha diminuiu 50% http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/agenciabrasil/noticia/2012-04-05/desde-de-2007-numero-de-brasileiros-impedidos-de-entrar-na-espanha-diminuiu-50 <p class="western" style="margin-bottom: 0cm"> Gilberto Costa<br /> <em>Rep&oacute;rter da Ag&ecirc;ncia Brasil</em></p> <p> Bras&iacute;lia &ndash; O n&uacute;mero de brasileiros que n&atilde;o puderam entrar na Espanha (aeroporto de Madri, Barajas) caiu de 3.013 para 1.402 entre 2007 e 2011. A informa&ccedil;&atilde;o &eacute; do Minist&eacute;rio das Rela&ccedil;&otilde;es Exteriores (MRE).</p> <p> Desde 2008, o Itamaraty tem formalizado no governo espanhol e na Embaixada da Espanha, em Bras&iacute;lia, a insatisfa&ccedil;&atilde;o com o tratamento dispensado aos turistas brasileiros. Em 2008, 2.196 foram impedidos de entrar na Espanha; em 2009, o n&uacute;mero caiu para 1.714; e em 2010, a quantidade de brasileiros barrados foi 1.605</p> <p> Apesar da diminui&ccedil;&atilde;o, a Espanha ainda &eacute; o pa&iacute;s europeu que mais cria dificuldades para a entrada de turistas brasileiros. A capital espanhola, Madri, principal destino, registra um n&uacute;mero maior de brasileiros barrados que em outras cidades europeias. Em Frankfurt (Alemanha) por exemplo, em 2010, o numero foi 34.</p> <p> Por outro lado, entre 2008 e 2011, o n&uacute;mero de espanh&oacute;is impedidos de entrar no Brasil passou de 44 para 125, segundo dados da Pol&iacute;cia Federal (PF), &oacute;rg&atilde;o respons&aacute;vel pelo controle de fronteiras. Na pr&oacute;xima quarta-feira (11), a PF dever&aacute; anunciar um balan&ccedil;o de espanh&oacute;is barrados no Brasil desde o dia 2 de abril, quando o governo brasileiro decidiu aplicar o princ&iacute;pio da reciprocidade.</p> <p> Agora, para entrar no Brasil, os espanh&oacute;is t&ecirc;m de apresentar bilhete a&eacute;reo de volta; reserva de hotel ou carta convite; comprova&ccedil;&atilde;o de que disp&otilde;em de pelo menos R$ 170 por dia para a temporada de visita. Os cidad&atilde;os espanh&oacute;is com algum problema consular no Brasil dever&atilde;o ligar para o n&uacute;mero de plant&atilde;o da Embaixada da Espanha: (61) 9961-0583.</p> <p class="western" style="margin-bottom: 0cm;"> &nbsp;</p> <p class="western" style="margin-bottom: 0cm;"> <em>Edi&ccedil;&atilde;o: A&eacute;cio Amado</em></p> Brasil e Espanha Nacional reciprocidade Thu, 05 Apr 2012 21:51:54 +0000 aecioamado 692328 at http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/agenciabrasil Relações entre Brasil e Espanha não serão prejudicadas com exigências para espanhóis http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/agenciabrasil/noticia/2012-04-02/relacoes-entre-brasil-e-espanha-nao-serao-prejudicadas-com-exigencias-para-espanhois <p class="western" style="margin-bottom: 0cm"> Renata Giraldi e Elaine Patricia Cruz<br /> <em>Rep&oacute;rteres da Ag&ecirc;ncia Brasil</em></p> <p class="western" style="margin-bottom: 0cm"> <br /> Bras&iacute;lia e S&atilde;o Paulo &ndash; As rela&ccedil;&otilde;es pol&iacute;ticas, econ&ocirc;micas, comerciais e diplom&aacute;ticas entre Brasil e Espanha n&atilde;o ser&atilde;o afetadas devido <a href="http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2012-04-02/espanhois-que-desembarcarem-no-brasil-partir-de-hoje-serao-submetidos-uma-serie-de-exigencias">&agrave;s exig&ecirc;ncias de entrada para espanh&oacute;is em territ&oacute;rio brasileiro</a>, segundo a diretora do Departamento de Comunidades Brasileiras do Minist&eacute;rio das Rela&ccedil;&otilde;es Exteriores, Luiza Lopes da Silva.</p> <p> &ldquo;A nossa rela&ccedil;&atilde;o com a Espanha vai al&eacute;m da quest&atilde;o migrat&oacute;ria. H&aacute; um excelente relacionamento entre ambos os pa&iacute;ses em n&iacute;veis comercial, econ&ocirc;mico e cultural, por exemplo&rdquo;, disse &agrave; <strong>EBC</strong> Luiza Lopes. &ldquo;Isso n&atilde;o contamina a agenda bilateral [do Brasil com a Espanha]. N&atilde;o prejudicar&aacute; nem interferir&aacute; nas rela&ccedil;&otilde;es entre os dois pa&iacute;ses.&rdquo;</p> <p> A diplomata reiterou que a lista de exig&ecirc;ncias do governo brasileiro para os espanh&oacute;is, que passa a valer a partir de hoje (2), faz parte do chamado princ&iacute;pio diplom&aacute;tico da reciprocidade. A decis&atilde;o foi tomada em decorr&ecirc;ncia das in&uacute;meras queixas de brasileiros que reclamam de humilha&ccedil;&otilde;es e discrimina&ccedil;&atilde;o na Espanha quando tentar ingressar no pa&iacute;s.</p> <p> O Minist&eacute;rio das Rela&ccedil;&otilde;es Exteriores informou que as negocia&ccedil;&otilde;es com a Espanha na tentativa de mudar as exig&ecirc;ncias feitas aos brasileiros ocorrem h&aacute; quatro anos, sem sucesso. Em 2007, 3.013 brasileiros foram impedidos de entrarem na Espanha; em 2011 esse n&uacute;mero caiu para 1.402. Apesar da redu&ccedil;&atilde;o, os brasileiros mantiveram as queixas de maus tratos dados pelos espanh&oacute;is nos aeroportos do pa&iacute;s.</p> <p> A lista de exig&ecirc;ncias definida pelo governo brasileiro para os espanh&oacute;is inclui a apresenta&ccedil;&atilde;o de passaporte v&aacute;lido por no m&iacute;nimo seis meses, passagem de volta com data marcada e a comprova&ccedil;&atilde;o que disp&otilde;es de, no m&iacute;nimo, R$ 170 por dia para despesas.</p> <p> O espanhol que se hospedar em hotel dever&aacute; apresentar o documento de reserva e aquele que for ficar em casa de amigos ou parentes precisar&aacute; apresentar uma carta-convite - contendo a assinatura do residente autenticada em cart&oacute;rio brasileiro, prazo de estada do turista espanhol, v&iacute;nculo existente entre eles, acompanhada pelo comprovante de resid&ecirc;ncia.</p> <p> O turista espanhol que quiser comprovar estada em um im&oacute;vel de sua propriedade no Brasil dever&aacute; apresentar c&oacute;pia da escritura ou do registro do im&oacute;vel em seu nome. Apesar de o rigor ter sido intensificado a partir de hoje o Aeroporto Internacional de Guarulhos, em S&atilde;o Paulo, teve um dia tranquilo, segundo a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportu&aacute;ria (Infraero).</p> <p class="western" style="margin-bottom: 0cm"> Por&eacute;m, no Brasil nem todos s&atilde;o favor&aacute;veis &agrave;s medidas de reciprocidade. A aposentada brasileira Magali Castro, que estava no Aeroporto Internacional de Guarulhos esperando o desembarque de um conhecido na ala internacional do aeroporto, disse ser contra &agrave; iniciativa. Segundo ela, o Brasil deve &eacute; reavaliar a pol&iacute;tica para o ingresso de estrangeiros no pa&iacute;s. &ldquo;Como retalia&ccedil;&atilde;o, n&atilde;o [acho correto]. N&atilde;o &eacute; correto [adotar esse procedimento] especificamente com esse ou aquele pa&iacute;s. Tem que ser uma pol&iacute;tica anterior do pa&iacute;s&rdquo;, disse ela.</p> <p class="western" style="margin-bottom: 0cm"> <em>Edi&ccedil;&atilde;o: F&aacute;bio Massalli</em></p> brasil Espanha espanhóis exigências Internacional Luiza Lopes da Silva Ministério das Relações Exteriores reciprocidade relações diplomáticas Mon, 02 Apr 2012 16:24:13 +0000 fabio.massalli 692058 at http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/agenciabrasil Brasil pode revogar exigências para ingresso de espanhóis no país desde que Espanha faça o mesmo http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/agenciabrasil/noticia/2012-04-02/brasil-pode-revogar-exigencias-para-ingresso-de-espanhois-no-pais-desde-que-espanha-faca-mesmo <p class="western" style="margin-bottom: 0cm"> Renata Giraldi e Elaine Patricia Cruz<br /> <em>Rep&oacute;rteres da Ag&ecirc;ncia Brasil</em><br /> &nbsp;</p> <p class="western" style="margin-bottom: 0cm"> Bras&iacute;lia e S&atilde;o Paulo &ndash; O governo do Brasil pode suspender <a href="http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2012-04-02/espanhois-que-desembarcarem-no-brasil-partir-de-hoje-serao-submetidos-uma-serie-de-exigencias">a lista de exig&ecirc;ncias para a entrada de espanh&oacute;is no Brasil</a> desde que o governo da Espanha fa&ccedil;a o mesmo em rela&ccedil;&atilde;o aos brasileiros que queiram ingressar em territ&oacute;rio espanhol. A diretora do Departamento de Comunidades Brasileiras do Minist&eacute;rio das Rela&ccedil;&otilde;es Exteriores, Luiza Lopes da Silva, disse &agrave; <strong>EBC</strong> que a decis&atilde;o de revogar as medidas est&aacute; dentro do chamado &ldquo;princ&iacute;pio diplom&aacute;tico da reciprocidade&rdquo;.</p> <p> &ldquo;H&aacute; 4 anos estamos tentando negociar com os espanh&oacute;is. A partir de agora quaisquer medidas s&atilde;o definidas a partir da reciprocidade. Estamos, inclusive, abertos a voltar &agrave; estaca zero, como era antes: quando exig&iacute;amos apenas o passaporte do espanhol para entrar no Brasil&rdquo;, disse Luiza Lopes.</p> <p> A diplomata disse que em janeiro deste ano as autoridades espanholas foram informadas sobre a decis&atilde;o do governo brasileiro de fazer uma s&eacute;rie de exig&ecirc;ncias para os espanh&oacute;is que queiram entrar no pa&iacute;s. &ldquo;N&atilde;o queremos que um espanhol seja inadmitido no Brasil por falta de informa&ccedil;&atilde;o. Por isso, avisamos em janeiro, com v&aacute;rias semanas de anteced&ecirc;ncia, para que todos saibam exatamente o que devem fazer para vir para o Brasil&rdquo;, disse ela.</p> <p> Na madrugada de hoje (02), no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em S&atilde;o Paulo, desembarcaram os primeiros espanh&oacute;is submetidos &agrave;s novas exig&ecirc;ncias feitas pelas autoridades brasileiras. Na tentativa de evitar transtornos e dificuldades, os espanh&oacute;is e seus amigos buscaram cumprir todas as exig&ecirc;ncias.</p> <p> A turism&oacute;loga brasileira Camila Shimamuri, que aguardava a chegada do noivo, a cunhada e uma amiga espanh&oacute;is, disse que providenciou todos os documentos exigidos pelas autoridades brasileiras. O esfor&ccedil;o de Camila foi recompensado, pois o noivo, o espanhol Juan Antonio Labari disse que conseguiu passar pela migra&ccedil;&atilde;o, apresentando todos os documentos, sem dificuldades.</p> <p> &ldquo;N&atilde;o foi diferente em nada das outras vezes. Pediram os documentos, passamos pelo raio-X. N&atilde;o me pediram a carta-convite nem me perguntaram nada. N&atilde;o demorou muito, mas tinha muita fila&rdquo;, disse Labari. &ldquo;Passar na alf&acirc;ndega foi tranquilo. Agora &eacute; que vem o nervosismo&rdquo;, brincou.</p> <p> Apesar do al&iacute;vio do noivo, Camila disse que sua tranquilidade foi motivada pela precau&ccedil;&atilde;o em buscar atender todas as exig&ecirc;ncia do governo brasileiro. &ldquo;Como eles v&atilde;o ficar [hospedados] em casa, fizemos as cartas-convites [para todos], que &eacute; uma das exig&ecirc;ncias a partir de agora&rdquo;, contou Camila.</p> <p> A turism&oacute;loga relatou ainda que em v&aacute;rias ocasi&otilde;es em que foi visitar o noivo na Espanha passou por dificuldades e apuros. &ldquo;[Na Espanha] me pediram a carta [-convite] e fizeram v&aacute;rias perguntas, mas liberaram&rdquo;, contou Camila Shimamuri sobre a viagem feita h&aacute; 7 meses.</p> <p> Ao chegar da Gr&atilde;-Bretanha via Espanha, a estudante e auxiliar de limpeza brasileira Patricia Armani disse n&atilde;o ter observado procedimento algum diferente em rela&ccedil;&atilde;o aos espanh&oacute;is que estavam no mesmo voo que ela. &ldquo;Acho que eles [alf&acirc;ndega] est&atilde;o mais chatos, mas n&atilde;o percebi nada&rdquo;, disse.</p> <p> Para Patricia, a lei da reciprocidade dever ser adotada tamb&eacute;m em rela&ccedil;&atilde;o a outros pa&iacute;ses. &ldquo;Moro em Londres e, &agrave;s vezes, &eacute; dif&iacute;cil para um brasileiro chegar l&aacute;. A sobrinha de uma amiga minha, por exemplo, foi barrada e n&atilde;o deram motivo aparente para isso. Isso n&atilde;o acontece s&oacute; na Espanha. Acho que o Brasil deveria adotar a mesma medida com esses pa&iacute;ses que est&atilde;o dificultando [a entrada de brasileiros], como a Inglaterra [Gr&atilde;-Bretanha], por exemplo. O Brasil deve endurecer mesmo.&rdquo;</p> <p class="western" style="margin-bottom: 0cm"> <em>Edi&ccedil;&atilde;o: F&aacute;bio Massalli</em></p> Espanha espanhóis exigências Internacional Luiza Lopes da Silva Ministério das Relações Exteriores passaporte princípio diplomático da reciprocidade reciprocidade viagem à Espanha Mon, 02 Apr 2012 15:50:56 +0000 fabio.massalli 692053 at http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/agenciabrasil Começam a valer na segunda-feira exigências para que espanhóis entrem no país http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/agenciabrasil/noticia/2012-03-29/comecam-valer-na-segunda-feira-exigencias-para-que-espanhois-entrem-no-pais <p class="western" style="margin-bottom: 0cm"> <font size="4"><font size="3">Renata Giraldi</font></font><br /> <em><font size="4"><font size="3">Rep&oacute;rter da Ag&ecirc;ncia Brasil</font></font></em></p> <p class="western" style="margin-bottom: 0cm"> <font size="4"><font size="3">Bras&iacute;lia - A partir de segunda-feira (2), os espanh&oacute;is que desembarcarem no Brasil ser&atilde;o submetidos a uma s&eacute;rie de exig&ecirc;ncias para conseguir a autoriza&ccedil;&atilde;o de entrada no pa&iacute;s. Os requisitos fixados pelo governo brasileiro s&atilde;o medidas de reciprocidade, pois a&ccedil;&otilde;es semelhantes est&atilde;o sendo adotadas na Espanha em rela&ccedil;&atilde;o aos brasileiros que chegam ao pa&iacute;s.</font></font></p> <p class="western" style="margin-bottom: 0cm"> <font size="4"><font size="3">A iniciativa ocorre no mesmo momento em que brasileiros s&atilde;o impedidos de entrar na Espanha, se n&atilde;o cumprirem v&aacute;rias exig&ecirc;ncias feitas pelas autoridades espanholas. S&oacute; at&eacute; agosto de 2011, 1.005 brasileiros foram barrados em aeroportos espanh&oacute;is. A estimativa &eacute; que cerca de 158,7 mil brasileiros vivam em territ&oacute;rio espanhol. Na Europa, a comunidade brasileira chega a 900 mil.</font></font></p> <p class="western" style="margin-bottom: 0cm"> <font size="4"><font size="3">O Minist&eacute;rio das Rela&ccedil;&otilde;es Exteriores, Itamaraty, nega que a ado&ccedil;&atilde;o das exig&ecirc;ncia seja uma retalia&ccedil;&atilde;o &agrave;s humilha&ccedil;&otilde;es sofridas por brasileiros na Espanha, que relatam casos de discrimina&ccedil;&atilde;o e preconceito, al&eacute;m de serem impedidos de se comunicar com autoridades brasileiras.</font></font></p> <p class="western" style="margin-bottom: 0cm"> <font size="4"><font size="3">Pelas novas regras, os espanh&oacute;is que quiserem entrar no Brasil ter&atilde;o de estar com o passaporte v&aacute;lido por, no m&iacute;nimo, seis meses. Tamb&eacute;m ser&atilde;o exigidos os comprovantes de passagens de ida e volta (com data marcada).</font></font></p> <p class="western" style="margin-bottom: 0cm"> <font size="4"><font size="3">O espanhol que for se hospedar em hotel dever&aacute; apresentar o documento de reserva. Caso venha a se hospedar na casa de amigos ou parentes, ter&aacute; de apresentar uma carta-convite. O documento deve conter a assinatura do respons&aacute;vel, autentifica&ccedil;&atilde;o do cart&oacute;rio e um comprovante de resid&ecirc;ncia dessa pessoa.</font></font></p> <p class="western" style="margin-bottom: 0cm"> <font size="4"><font size="3">O &uacute;ltimo item se refere &agrave; renda m&iacute;nima do espanhol que pretende visitar o Brasil. Ele deve comprovar que tem condi&ccedil;&otilde;es financeiras para arcar com at&eacute; R$ 170 de despesas, por dia, em territ&oacute;rio brasileiro.</font></font></p> <p class="western" style="margin-bottom: 0cm"> <font size="4"><font size="3">Em junho do ano passado, o ministro das Rela&ccedil;&otilde;es Exteriores, Antonio Patriota, esteve no Congresso Nacional e mencionou as queixas dos brasileiros impedidos de entrar na Espanha. Patriota disse ter conversado com a chanceler espanhola, Trinidad Jim&eacute;nez, lembrando que poderia ser adotado o chamado acordo de reciprocidade.</font></font></p> <p class="western" style="margin-bottom: 0cm"> <em><font size="4"><font size="3">Edi&ccedil;&atilde;o: Talita Cavalcante</font></font></em></p> brasil Espanha Internacional país Política reciprocidade Thu, 29 Mar 2012 14:53:14 +0000 talita.cavalcante 691863 at http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/agenciabrasil Governo estuda mecanismo para forçar Espanha a reduzir restrições a brasileiros http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/agenciabrasil/noticia/2011-06-15/governo-estuda-mecanismo-para-forcar-espanha-reduzir-restricoes-brasileiros <p> Roberta Lopes*<br /> <em>Rep&oacute;rter da Ag&ecirc;ncia Brasil</em></p> <p> Bras&iacute;lia &ndash; Em busca do fim das restri&ccedil;&otilde;es a brasileiros na Espanha, o governo do Brasil estuda adotar um mecanismo denominado de reciprocidade em rela&ccedil;&atilde;o aos espanh&oacute;is que tentam ingressar no pa&iacute;s. A afirma&ccedil;&atilde;o &eacute; do ministro das Rela&ccedil;&otilde;es Exteriores, Antonio Patriota. O chanceler disse hoje (15) que a alternativa s&oacute; ser&aacute; adotada quando todas as negocia&ccedil;&otilde;es forem esgotadas.</p> <p> Patriota afirmou que as negocia&ccedil;&otilde;es com a Espanha se intensificaram e houve uma queda no n&uacute;mero de brasileiros proibidos de ingressar naquele pa&iacute;s. Segundo ele, no passado, a m&eacute;dia mensal era 250 brasileiros impedidos de entrar na Espanha. Agora, de acordo com o chanceler, este n&uacute;mero caiu para cerca de 140 pessoas por m&ecirc;s.</p> <p> Ao mesmo tempo, as autoridades brasileiras passaram a informar detalhadamente todas as exig&ecirc;ncias feitas pela Espanha para o ingresso naquele pa&iacute;s. Durante audi&ecirc;ncia p&uacute;blica na Comiss&atilde;o de Rela&ccedil;&otilde;es Exteriores na C&acirc;mara, o chanceler afirmou que h&aacute; um esfor&ccedil;o conjunto de v&aacute;rios setores dos dois governos para reduzir as dificuldades.</p> <p> Patriota reconheceu que ainda h&aacute; obst&aacute;culos no processo de negocia&ccedil;&atilde;o por consenso. Do lado brasileiro, as articula&ccedil;&otilde;es s&atilde;o conduzidas pelos minist&eacute;rios das Rela&ccedil;&otilde;es Exteriores e da Justi&ccedil;a. &ldquo;[Mas] vamos ver se o n&uacute;mero de inadmiss&otilde;es [impedimentos] de brasileiros na Espanha continua caindo.&rdquo;</p> <p> O assunto foi tema de uma longa reuni&atilde;o, no m&ecirc;s passado, de Patriota com a ministra das Rela&ccedil;&otilde;es Exteriores da Espanha, Trinidad Jim&eacute;nez. Durante a conversa, o brasileiro lembrou que h&aacute; relatos de v&aacute;rias situa&ccedil;&otilde;es humilhantes vividas por brasileiros na Espanha.</p> <p> O chanceler acrescentou ainda que tem aumentado o n&uacute;mero de espanh&oacute;is que visitam o Brasil. Segundo o ministro, eles v&ecirc;m ao Brasil em busca de turismo, mas tamb&eacute;m para procurar emprego.</p> <p> <em>*Colaborou Renata Giraldi</em></p> <p> <em>Edi&ccedil;&atilde;o: Jo&atilde;o Carlos Rodrigues</em></p> brasil brasileiros Espanha Internacional mecanismo Política reciprocidade restrições Wed, 15 Jun 2011 18:02:11 +0000 joao.carlos 672830 at http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/agenciabrasil